* Lady Gaga faz curso pela internet para realizar casamentos gays .

Seu objetivo é participar do casamento de seus fãs e ser parte de sua felicidade, e para isso está fazendo curso pela internet para ser ordenada ministra religiosa.

-Lady Gaga sempre manifestou o seu apoio a gays e agora pretende se tornar ministra para celebrar casamento entre pessoas do mesmo sexo.

O polêmico New Yorker tem afirmado repetidamente sua defesa pela igualdade de direitos, mas tem agora mais um passo.


Gaga, depois de mostrar o seu entusiasmo para aceitar o casamento gay na Califórnia, decidiu se tornar ministra religiosa ou pastora evangélica para poder realizar casamentos gay. Ela está fazendo um curso on-line, e já está preparando a documentação necessária.

Segundo a própria cantora declarou seu objetivo de ser parte da felicidade de todos os seus fãs, entre os quais inclui grande parte da comunidade gay e acredita que uma boa maneira de fazer isso é participar de suas ligações.

Fonte: Noticias Cristianas.org

8 thoughts on “* Lady Gaga faz curso pela internet para realizar casamentos gays .

  1. Ela esta mais q certa, cada um faz o que quer da vida… Se um homem sente prazer com outro homem q seja feliz… Do mesmo q tem homens q gosta de mulher… Temos q respeitar as diferenças, os gays são gente de bem, só pq sentem dejeso por pessoas do mesmo sexo? Essa ideia de homo ser pecado vem de uma época machista q a biblia foi escrita… Sabemos q a grecia antiga a mulheres só eram usadas para reprodução, e o que valia era sexo entre macho e macho mesmo… Esses famosos tem q dar a cara pra bater mesmo… Pecado é fazer mau aos outros…

    Se ela sente este dejeso de amar outra pessoa, q mal tem?

    As religiões tem q parar de falar q isso é pecado, varias igrejas protestantes internacionais estão liberando clericos ou pastores homos praticantes… Será q vamos ver isso um dia na nossa Igreja? Pois a sexualidade vem pipocando secretamente nos ultimos tempos na Igreja Catolica…

    • Caríssimo FFabiquest,

      A definição de pecado não vem do machismo mas das sagradas escrituras e da lei natural.
      Respeita-se a liberdade que as pessoas têm de viverem como quiserem, mas a Igreja católica não tem sobre esse assunto posição relativista.
      Mesmo eventuais casos isolados dentro dela apenas reforçam essa posição e referendam a complexidade desse tema.
      O fato de isso existir não a faz mudar de opinião e adaptar seu discurso para “proteger” seus filhos.

  2. FFabiquest, sabe o que que acontece? Isso é fora dos princípios cristão, Deus fez o Homem e a Mulher um para viver para o outro.
    Já pensou se todo mundo resolvesse se relacionar com pessoas do mesmo sexo? Ninguém ia nascer, porque até onde eu sei se um homem se relacionar com outro homem não tem nem perigo de nascer uma criança (rsrs)

  3. entao c o homem e a mulher foram feitos esclusivamente para a “procriaçao”como c esplica a pessoa ou o casal estéril?oq vale é o amor….muito amor,nao c ve nos noticiarios d tv noticias d casais homossexuais c matando ou q um matou o outro,nao tenho preconceito graças a deus nao gosto d julgar as pessoas,cada um tem direito d amar como qiser…

    • Caríssima Sandra,

      Dissociar o sexo da procriação é uma deformação de sua finalidade natural.Isso não quer dizer que seja só para isso.
      A esterilidade de origem biológica não é um impedimento para um autêntico matrimônio.

  4. QUANDO EU DISSE ISSO QIS EXATAMENTE FASER ESTE TIPO D CONSIDERAÇAO,ACREDITO Q O SEXO NAO E SÓ PARA PROCRIAR E Q O CASAMENTO NAO DEPENDE D UM CASAL PODER OU NAO TER FILHOS….APENAS QESTIONEI ALGUNS COMENTARIOS ABSURDOS Q SEXO FOI FEITO PARA PROCRIAR, POR ISSO A RAZÃO D NAO C PODER HAVER CASAIS HOMOSSEXUAIS…ACREDITO Q PARA UM RELACIONAMENTO DAR CRTO O NECESSARIO É O AMOR.INDEPENDENTE D SER ENTRE O MESMO SEXO OU NAO….

  5. “No primeiro texto (Gen 1,1-2,4) descreve-se o poder criador da Palavra de Deus que estabelece distinções no caos primigénio. Aparecem a luz e as trevas, o mar e a terra firme, o dia e a noite, as ervas e as árvores, os peixes e as aves, todos “segundo a própria espécie”. Nasce um mundo ordenado a partir de diferenças que, por sua vez, são outras tantas promessas de relações. Eis, assim, esboçado o quadro geral em que se coloca a criação da humanidade. “Disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem e semelhança… Deus criou o ser humano à sua imagem; criou-o à imagem de Deus; criou-o homem e mulher” (Gen 1, 26-27). A humanidade aqui é descrita como articulada, desde a sua primeira origem, na relação do masculino e do feminino. É esta humanidade sexuada que é explicitamente declarada “imagem de Deus”.” – CARTA AOS BISPOS DA IGREJA CATÓLICA SOBRE A COLABORAÇÃO DO HOMEM E DA MULHER NA IGREJA E NO MUNDO. – Joseph Card. Ratzinger.

    Deus, que criou o homem e a mulher, não somente com o objetivo da procriação, o que já seria suficientemente convencente, mas para a complementariedade. Um homem, mesmo sendo homosexual, mesmo tendo atração por outro homem, mesmo fazendo transplante, mesmo mudando de nome, mesmo casando-se com outro do mesmo sexo… ele continuará, na sua essência sendo homem, e a mulher a mesma coisa. O homem, com sua personalidade de homem, e a mulher com a sua personalidade de mulher. Querendo viver uma coisa que, exteriormente pode até convencer, mas interiormente gera um grande conflito, pois por mais que as pessoas procuram outros meios para justificar, é sempre Deus o seu fim.

    Qt a Lady Gaga, observando suas atitudes, para mim ela usa do escândalo para poder ganhar vantagem, querendo se igualar a Madonna..

Deixe um comentário