* Saiu o censo anual da Igreja Católica no Brasil. Imperdível!

Fonte: Unicap

Criado a partir do Censo Anual da Igreja Católica – CAIC-Br, o Anuário Católico foi publicado pela primeira vez em 1965 e contém os nomes e endereços de todos os bispos, padres, religiosos (as), diáconos, dioceses, paróquias, congregações e institutos da Igreja no Brasil.

O mesmo se constitui no principal instrumento de identificação, registro e estatística da Igreja Católica no país, há mais de 48 anos. Depois de alguns anos com dificuldades em sua publicação, o CERIS entrega o Anuário Católico do Brasil 2012, a 13ª Edição da obra, revisada e atualizada pelo Censo Anual da Igreja Católica 2010/11.

Malgrado a estagnação no número de religiosas, os dados apontam para um relativo aumento da presença institucional da Igreja no Brasil, o que contesta, por um lado, teorias como a da secularização e a do enfraquecimento da Igreja Católica.

E por outro, pelo tipo de recrutamento de ministros revelado pelas informações, reforça a tese de Zygmunt Bauman de que a busca pela comunidade religiosa, a Igreja ou a vida sacerdotal, é a busca por segurança em um mundo de inseguranças…

Mais informações sobre o Anuário Católico aqui.
Veja aqui análise sociológica do Censo Católico.

Deixe um comentário