* Reiki e a fé católica são compatíveis? NÃO!


Felipe de Aquino

Reiki é o nome dado a “Energia universal de vida” – algo não bem definido – que, segundo seus adeptos, é uma energia que passa pelas mãos de todo ser humano e pode ser aplicada a pessoas doentes ou aflitas para aliviá-las, segundo Earlene Gleisner, monitora de Reiki (“Reiki na Vida Diária” – Ed. Nova Era, Rio de Janeiro,1999).O que escrevemos nesta artigo está baseado no livro citado acima.
A base do Reiki é budista, é uma corrente de pensamento panteísta (tudo é parte de Deus, tudo é Deus) e tem traços de monismo, filosofia que ensina que a pessoa pode “fundir-se com tudo a sua volta” (p.45).

O ser humano seria parte integrante do universo no sentido físico; tudo o que existe seria apenas uma grande substância ou a substância universal. O monismo leva ao panteísmo.

O Mestre maior do Reiki parece ser “O Sr. Hawayo Takata. Grão-Mestre REIKI de 1940 a 1980″ (pp. 47s).

A proposta de cura por meio de Reiki vem do Oriente e está crescendo em nossos ambientes, por isso o católico precisa conhecer os seus erros. A palavra Reiki vem de rake (= ancinho ou rastelo) em inglês, Rakey é o solo arado. A palavra Rakey é foneticamente igual a Reiki.

Segundo Earlene, o Reiki vem a ser a “Energia Universal de Vida no Sistema Usual de Cura Natural” (p.11). É a “Energia Universal de Vida que verte através de nossos corpos, preenchendo nossa necessidade antes de se transferir para a necessidade do outro” (p.22). Segundo ela, “os nossos corpos são um veículo por meio do qual a energia Reiki se transfere do Universo para outrem” (p.42). Ensinam que é por meio das mãos que a energia Reiki passa de uma pessoa para outra, de modo que há técnicas precisas sobre a maneira de impor as mãos sobre a cabeça, sobre o tórax, sobre os joelhos, os pés, as costas.

O Reiki ensina que devemos ser bondosos com tudo o que possui vida, já que não estamos sozinhos; e que precisamos nos colocar em contato com a energia que flui através de todos os seres e coisas, árvores, flores, animais, até mesmo os elementos químicos participaram disso. O objetivo é “buscar uma fusão com tudo o que está em volta” (p.55).

Isso mostra que a filosofia base do Reiki é uma prática panteísta – tudo é Deus – não há uma separação entre o Criador e a criatura; ora, isto é um absurdo filosófico e teológico. O panteísmo sempre foi condenado pela Igreja. Deus criou tudo o que existe fora do nada porque quis, por amor, mas as criaturas não são emanações obrigatórias de Deus, como se Ele não fosse soberano e autônomo.

Diz Earlene Gleisner que “A Mestre Reiki Victoria Suzanne Crane investigou extensivamente as origens de REIKI e as encontrou intrinsecamente ligadas aos ensinamentos budistas”(p.48). Isto é suficiente para o católico rejeitar a prática de cura pelo Reiki, pois os princípios do budismo não se coadunam com a fé católica. O budismo acredita na reencarnação, e a salvação da pessoa não se dá pela fé em Jesus Cristo.

A filosofia Reiki pode ter boa intenção e dizer coisas bonitas e agradáveis que encantam as pessoas, mas a sua base de sustentação não é recomendada aos católicos. Sem dúvida, há muito de sugestão nas curas do Reiki; sabemos que uma pessoa sugestionada pode ser curada pelo próprio organismo que reage bem devido a um estado de espírito favorável. Basta ver os placebos, simulação de remédios.

A mera existência de uma energia natural e humana é questionável e, facilmente, essa concepção se confunde com uma “energia divina” – o que se transforma em panteísmo.

Por tudo isso, a concepção filosófica do Reiki não é compatível com a fé cristã, como também confirma D. Estevão Bittencourt em seu artigo “Reiki na vida diária” (Revista PR, n. 467; 2001).

Alguns defendem que é possível para o católico usar a “técnica” do Reiki sem adotar a sua filosofia, mas isto é algo arriscado. D. Estevão também diz: “O cristão que se põe na escola do Reiki corre o risco de assimilar, juntamente com a técnica, as linhas monistas-panteistas do pensamento Reiki.”

Portanto, o cristão que deseja a cura de seus males há de buscar recursos na medicina e na fé cristã, voltando-se para Deus Pai, Filho e Espírito Santo, que a todos socorre no seu amor e na intercessão dos santos, anjos e dos irmãos. Nada de mágico e desconhecido deve ser misturado com a fé católica. Se Deus não nos dá a cura pela medicina e pela graça, certamente tem um desígnio de salvação atrás desse mal. Devemos crer e viver segundo a palavra de S. Paulo que diz: “Tudo concorre para o bem dos que amam a Deus” (Rm 8,28).

23 thoughts on “* Reiki e a fé católica são compatíveis? NÃO!

  1. Me desculpe quem escreveu o referido artigo, mas receber o reiki nao tem nada a ver c religiao e não ofende a Deus em nada. Eu sou catolica praticante e tenho encontrado a cura, através do Reiki e de outras terapias, como florais de Bach, por exemplo, p vários problemas de saude q a medicina tradicional nao conseguiu resolver, bem como tenho presenciado a melhoria na saude de várias pessoas da igreja e da minha familia. Dessa forma, nao da p julgar como sendo má, ou anti-cristã, uma tecnica q so traz paz e saude a quem se abre p receber c amor. Somos pura energia (quem já estudou física alguma vez na vida sabe disso), e o Reiki nada mais faz q equilibrar essas energias…
    Muita paz a todos!! e vamos tentar ver essas tecnicas orientais milenares com menos preconceitos!!

    • Caríssima,

      As Técnicas – mesmo quando o fim seja a saúde – devem ser bem analisadas, já que os fins não justificam os meios. Muitas dessas terapias alternativas tem em sua identidade conceitos antievangélicos e que ofendem os principios de nossa fé ou até mesmo, em alguns casos, a negam..

      O conceito de que somos “pura energia” não é condizente com os principios de nossa fé Católica nem com a verdade sobre o homem.

      Sugerimos um estudo mais aprofundado destas técnicas além de seus “beneficios” imediatos já que o relativismo postula exatamente isso: Negar a verdade e esvaziá-la de seu sentido em nome das opiniões pessoais ou praticidade de seus efeitos, mesmo que o preço a ser pago não seja visivel quando nossa intenção é apenas a cura ou nosso próprio bem estar.

  2. Boa tarde.
    Faço minhas as palavras do Pe. Delton Filho, Bacharel em Filosofia e Teologia pelo APRA de Roma, q bem se expressou c relação a acupuntura, mas q servem perfeitamente c relação a pratica de outras terapias de origem oriental:
    “(…)A atitude mais sensata seria averiguar o profissional que aplica tal técnica. Hoje em dia há pessoas muito esclarecidas no campo científico e fiéis aos princípios católicos que estudam a ciência da acupuntura. Seria, no mínimo, ingenuidade imaginar que ‘todos’ os que se especializaram em acupuntura sejam propagadores das religiões orientais. Há profissionais que sabem separar as duas coisas.Logo, se o profissional em questão tiver formação suficiente para separar as duas coisas, será perfeitamente capaz de aplicar os conhecimentos científicos sem contaminar o discurso com idéias opostas à doutrina católica. Sendo assim, não há impedimento bíblico, doutrinal ou moral para o católico fazer uso da técnica”.
    Tanto o Reiki, qto acupuntura e outras, hje em dia, já tem comprovação cientifica qto ao seus efeitos terapeuticos,nao podemos, portanto, ignorar o seu valor, pois assim estariamos, consequentemente, ignorando o valor da ciencia de um modo geral, o q seria um completo absurdo.

  3. Não entendi pq apagaram o meu post. Seria isso uma postura de pessoas q se dizem católicas? Muito antidemocrática, por sinal!! Pra q existem os blogs e foruns se nao forem p promover discussões saudaveis e acrescentar algo de bom para quem deles participa? Imposição de ideias nao leva ninguem a lugar algum. Infelizmente, é por conta de posturas como essa, de várias pessoas q fazem a Igreja, q muita gente está se afastando dela… O lema é sempre: EU ESTOU CERTO E O RESTO DO MUNDO ERRADO! Q pena! Mas saibam q Deus é Amor e jamais condenaria ninguem ao eterno fogo do inferno so por defender ideias diferentes daqueles q se acham os donos da verdade!! Sinto muito, mas ainda bem q nem todo mundo age e pensa dessa forma, como o Padre cujas palavras usei no post q foi apagado.

    • Cara Lúcia,

      Só não publicamos comentários agressivos e desrespeitosos, o que não é o seu caso. Foi publicado sim, bem antes de você emitir esse comentário. Não sei explicar porque você não viu.

  4. A terapia de cura pela imposição das mãos não tem um paralelo católico?

    Se bem me lembro já vi em algum lugar que essa é também uma prática católica. E não se trata de benzeduras, magias, etc. Trata-se de oração e toque.

    A própria Igreja tem inúmeros objetos que são usados com a intenção de cura. As pílulas de papel de São Frei Galvão, a cruz de São Camilo de Lelis, enfim tantas.

    Não estou fazendo a defesa do Reiki, mas não posso deixar de me lembrar desses recursos católicos.

    Eu mesmo, se por alguma estranha razão sou perturbado por algum temor, alguma angústia inexplicável e por isso não consigo dormir, deitado mesmo pego o evangelho e coloco na testa até me acalmar. Funciona que é uma beleza. Para dor de cabeça também. E desconfio que funciona pra qualquer dor.

  5. A questão não é se o Reiki cura ou não, e sim a incompatibilidade de seus princípios com o que ensina a fé católica. Se partirmos da premissa de que é lícito utilizar essas “terapias” somente porque dão resultados ( o que ainda é questionável), nada nos impede também de buscarmos a cura na macumba, no espiritismo e em outras práticas claramente não-cristãs.
    O motor de nossas vidas, nesse caso, não seria a nossa fé, mas simplesmente o nosso bem-estar. Hoje em dia isso é quase uma ditadura, a ditadura do EU, que submete a si todas as outras realidades. Vou aos lugares onde me sinto bem, escolho a fé que mais se acomoda às minhas necessidades, tomo para meu círculo de amizades somente aqueles que me agradam. Felicidade não é sinônimo de facilidade…

  6. Júnior – Muito feliz o seu comentário.
    Hodiernamente a tendência é pactuar com as facilidades condescendendo com pecadilhos “justificáveis”, como se mentir um pouquinho ou roubar pequenas coisas não significasse ser falso ou ladrão. Assim é que muitos justificam os maus políticos – “rouba mas faz!” Aceitando gradualmente as idéias falsas adquiridas das novelas e outras fontes hipócritas, quando nos dermos conta teremos perdido os princípios e estaremos desviados do caminho.Sem orientação segura e coerência nos perdemos na jornada curta deste mundo.

  7. o tratamento reiki é compativel com toda crença religiosa e ateismo pk trata-se de um metodo natural de cura, sem requisitos espirituais para o terapeuta ou paciente .

  8. Li um artigo do Sr.Dilson Kutscher, publicado em 17/12/2003, no site http://www.RainhaMaria.com. Tal artigo não só esclarece o que é verdadeiramente o Reiki, como mostra sua ligação com a Nova Era, além disso mostra o porquê um cristão não deve ser adepto do Reiki. O autor relata o caso de uma amiga dele que estava praticando o REIKI em sua paróquia. Casos que acontecem porque as pessoas não tem o discernimento de procurar saber se a Santa Mãe Igreja Católica aceita ou não e os porquês disso.O reiki é sim ANTI-CRISTÃO e devemos ser evangelizadores dessas ovelhas perdidas que foram ludibriadas por estes lobos com pele de cordeiro. Aí vai o link: http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/69/JESUS-era-Reikiano
    Realmente vale à pena. Abraço a todos.

  9. é mesmo com palavras bonitas e pseudo-díficeis é que se engana o povo né…!?
    querem tirar um simples trabalho de cura, de circulação; por dogmas, por credos encharcados de personalismo. rídiculos,repito ridículos; sentirão o peso de suas proprias consciencias um dia…, ao lembrarem que tentaram converser pessoas a nao buscarem curas alternativas,por simples afetamentos pessoais. sao dignos de pena.
    parlapatoes que são; pregam algo da boca e enquanto suas vidas mediocres vivem só por si só e é só… fazem algo por alguem!!?? aposto que sim né; convecendo as pessoas a não se curarem…
    o reiki cura sim, sou reikiano e posso provar sempre…se quiser!
    nao deem ouvido a eles nao sabem nem o significado da palavra caridade; aonde o reikiano aprende desde o começo e é ensinado a sempre fazer tudo de coração aonde pode nao existir Deus nisso!?
    Suas teorias hipocritas e engodos é que ja nao tem base firme em nada…
    busca primeiro o que é caridade e depois vai discutir com algum trabalhador da luz!

    • Caríssimo Fábio lb,

      O Objetivo do post foi mostrar a incompatibilidade entre as doutrinas. Não agimos movidos por personalismo mas por amor à verdade de nossa fé.

      Existem diferenças entre as coisas, apenas no post constatamos que elas são perceptíveis e mostramos isso.

      Você tem todo o direito de ser Reikiano e acreditar no que quiser. Nós católicos temos nossa visão e não temos a ingenuidade de não reconhecer as diferenças, elas existem!

      A fé católica tem seus fundamentos como o Reiki tem os seus; no caso,eles são incompatíveis com a fé católica. Simples.
      Pode-se discordar com inteligência e argumentar,sem precisar agredir.

  10. OLá. Li este site ao acaso e resolvi escrever. Sou reikiana, e ja me perguntaram algumas vezes sobre a compatibilidade dos simbolos do reiki com a fé cristã, pois, poderão ser vistos, para algumas pessoas, como 1 forma de idolatria.No entanto, perguntei a 1 sacerdote catolico se o reiki era mau, e ele disse que se fosse usado como metodo de relaxamento, nao haveria problema, só haveria problema, se fosse usado como religiao. Ora, reiki nao é religiao, por isso nao vejo qualquer problema na sua pratica. Tambem os simbolos, sao isso mesmo, meros simbolos. Afinal, o ser humano sempre os usou. O cristianismo usava o simbolo do peixe e da cruz e tantos outros que ainda usa. Tudo depende da forma como a pessoa encara as coisas.
    Em relaçao a tudo ser energia, é ou nao é verdade que tudo no universo é energia? e as descobertas da fisica a esse respeito? até mesmo 1 cadeira é energia condensada. Onde é que isso ofende a Deus? Eu continuo a acreditar em Deus Pai, Filho e Espirito santo. Foi Deus quem criou tudo quanto existe e criou a energia. Nao é verdade que existe a energia do vento? a energia solar? a energia das ondas? qual o problema disso? nao foram criação de Deus?
    Quanto as curas do reiki serem de natureza psicologica, venho informar que o meu animal de estimação, a semana passada, ia ser submetido a 1 intervençao cirurgica. Eu dei-lhe reiki e pus meio mundo dar tambem. Acontece, que o medico ficou pasmo ao ver, no dia da operação, que o problema dela desapareceu. Será que o animal ficou sugestionado com o reiki? como explicar? – ora, isso só demonstra que o reiki funciona. No entanto, ele nao substitui nem a medicina tradicional, que deve continuar a ser usada, nem substitui a fé cristã ou outra que a pessoa tenha.

    • CARÍSSIMA MARIA,

      O julgamento da veracidade de uma prática religiosa ou pré religiosa não se faz somente a partir de seus supostos benefícios. A Análise do artigo expõe todas as divergências entre o Reiki e nossa fé católica.
      Sabemos da “boa vontade” e da sinceridade da prática de muitos que seguem essa filosofia(?) ou Religião (?) mas nem mesmo a retidão que pessoas como vc demonstram ter NÃO são suficientes para mudar a VERDADE DA INCOMPATIBILIDADE.

      Conheça melhor a fé cristã.Nela você encontrará alguém que poderá mudar sua vida e potencializará essa sede sincera de Deus e de verdade que você tem.
      Deus a abençoe!

  11. Ola, mais uma vez. Porque é que a energia do reiki, não encontra respaldo na fisica?
    Eu gosto imenso da sensação de relaxamento, de paz, de calor que o reiki me transmite. Não vejo mal nisso. Como disse, não pratico reiki como religião, nem sequer como filosofia. Aplico sim, como um metodo de tratamento. Nao sei se por detras do reiki, se encontram filosofias incompativeis com a fé cristã, nao sei de facto se existem. Todavia, penso que a existirem, por si mesmas, nao significa que o reiki seja incompativel com o cristianismo, se a pessoa, ao praticar, nunca se esquecer da sua fé em Deus e em Jesus. A mim o que me agrada é a sensação de conforto que me produz e de grande bem estar. O reiki, segundo aprendi, pode ser praticado por pessoas de qualquer religião.
    Todavia, ja vi pessoas reikianas falarem em guias e essas coisas. Respeito, é a opiniao delas mesmas, mas eu quando faço reiki, sempre peço ao meu querido Jesus que me ajude no tratamento e nunca pedi a guias espirituais. Acho que isso tem a ver com as crenças de cada um. Como disse, apenas aplico reiki como forma de tratamento e nao como filosofia. O mesmo tem principios muito bonitos e que podem e devem ser aplicados pelos cristaos, todavia, tal facto, nunca me impediu de ir a igreja, e ouvir a palavra de Deus, que eu tanto gosto de ouvir.

  12. Respondendo a sua pergunta Sra. Maria:

    Primeiramente, Energia em física trata-se de uma grandeza física, isto é, mensurável, sob quais formas de energia física o Reiki trabalha? Energia potencial, Energia cinética, radiante, conversão de massa? Afinal, qualquer que fosse, seria passível de experimentação empírica ou pelo menos teórica calculável.
    Onde estão os cálculos ou experimentações científicas do exercício da “transferência energética” no Reiki?
    Não existem, pois o Reiki trabalha com um conceito de energia de senso comum (na verdade de senso particular no seu próprio meio) e não de senso científico, não estando passível aos principios do mesmo como a descrição quantitativa e definições equacionais por exemplo.

    Segundo, em física o conceito de energia é relativo à interação de sistemas ou entes físicos. Você poderia transferir energia para seu animal? Claro, calor, movimento, etc.
    O seu desejo, vontade, pensamento ou sugestão, poderiam transferir energia ao seu animal? Jamais pelos princípios da física, pois como o próprio nome já diz, nenhum destes pode ser considerado sistema físico, para que possa interagir alterando a condição energética de outro sistema.

    “…pus meio mundo a dar(Reike) também…”

    Não consigo imaginar outra coisa senão o “Goku invocando a Genki Dama”(anime). Mas imagino deva se tratar de “transferência de energia” de outros sistemas. Ainda supondo que sejam realmente entes físicos válidos, qualquer transferência seria “dissipada” pelo meio devido à impossibilidade de isolá-la e direcioná-la ao animal diretamente.
    Ainda que tudo isso fosse possível, a interação energética tende a uma resposta regular, isto é, um tipo de transferência de energia, um tipo de resposta nos sistemas, a simples transferência energética, não explicaria a reversão ou eliminação específica de todos e somente os fatores responsáveis pela enfermidade do animal, no máximo o animal ficaria “energizado” de alguma forma diferente.

    Como pode ver existem incontáveis incongruências, além dessas, entre física e Reike, e talvez o unico em comum seja a palavra “energia”.

    Antes que pergunte então se isso desabona a prática de cura pela imposição de mãos no Cristianismo por exemplo, explico tratar-se de princípio completamente diferente. Pois segundo a nossa Fé, só existe uma vontade, desejo e pensamento capaz de alterar tudo que existe de físico ou não: a mesma que os chamou à existência, Deus. E (isso não sei explicar totalmente, claro) permissão para que isso aconteça na natureza preternatural(anjos e demônios como visto no Apocalipse, por exemplo), também o pecado pode alterar até mesmo condições físicas específicas(Gn 3,17).
    Aquele que impõe as mãos PEDE a cura Àquele que pode curar, não existe uma “técnica” que garanta a funcionalidade disso, o pedido pode ser concedido ou não, dependendo exclusivamente da Vontade do segundo. Se como a Sra. Maria disse, apenas faz isso, não há necessidade de Reike, pois não será realizado nada por efeito de “técnicas”, criar um paralelo entre os mesmos é claramente absorver conceitos gnósticos sobre termos participação na Divindade, cujos resultados são atingidos por nossa competência e vontade, e não em estarmos submissos à vontade da mesma, heresia fundamental no Cristianismo:
    “sereis como deuses”(Gn 3,5), disse a serpente.

    A alguns dias nesse mesmo blog vi algumas palavras do Papa(não lembro o artigo) sobre a Fé não se tratar de uma questão de “eficiências e funcionalidades”.

    “…ora, isso só demonstra que o reiki funciona.”

    Iguais e similares testemunhos podem ser obtidos em qualquer seita, na macumba, no espiritismo, satanismo, etc. se nosso critério for unicamente a eficiência ou funcionalidade dos mesmos, ou nossa satisfação pessoal, o Cristianismo seria o menos indicado, pois não são esses os objetivos do mesmo.
    Somos uma religião de servos livres, que ao fazer a Vontade de Deus, podemos ter a felicidade de descobrir que ela é o melhor que poderiamos desejar.

    Um verdadeiro “Reikiano” nunca poderá seguir os princípios Católicos plenamente.
    Um verdadeiro Católico nunca precisará do Reiki.

    Vinde Senhor Jesus!

  13. Olá, mais uma vez. Obrigada por terem respondido à minha pergunta.

    Eu não posso falar de física, pois dessa area nada percebo. O que li,é que tudo no fundo é energia. No reiki, aquilo que aprendemos, foi que o mesmo consiste numa tecnica redescoberta no Japão, e que visa “canalisar” a energia cosmica universal. Eu vejo as coisas assim: quando estou numa praia ou campo, a sensação que me produzem é muito diferente de quando estou numa cidade poluida. A sensaçao que temos ao sair da praia ou campo, ou montanha, é que vimos revigorados, ao contrario de quando saimos de 1 cidade barulhenta ou poluida ou passamos uma tarde em ambientes muito fechados e com muita gente. Aí, ja nao nos sentimos revigorados, mas cansados. Penso que no primeiro caso, é porque são ambientes mais saudaveis, com 1 campo energetico mais saudavel, em parte, porque nos lembram a nossa origem, quando Deus criou o mundo. Entao, o reiki, para mim, visa captar como que a energia pura saída de Deus, sendo que muitas vezes, nós, andamos tão cansados que perdemos o contacto com esses meios mais saudaveis, ou seja, perdemos como que o contacto com a nossa origem.
    Por acaso, quando uma vez me perguntaram da compatibilidade dos simbolos do reiki com o cristianismo, fiquei sem saber que pensar, mas como o sacerdote me disse que o uso de simbolos nada tem de mal, pois cada um pode dar-lhes o significado que quer, e como do significado dos mesmos, nao vejo nada de errado, nao vi imcompatibilidade entre o reiki e ser cristão. Quanto à energia em si, eu pessoalmente nada vejo de errado. Quando me fazem reiki, sinto-me muito bem, com clareza mental e a mente mais descansada e uma grande sensação de relaxamento. Eu só posso falar da sensação que me produz, que é agradavel e de muito bem estar.às vezes, tenhoa a sensação de que regresso como que ao meu verdadeiro eu- não consigo descrever melhor a sensação que me produz.
    Sera que algum dos Senhores, ja experimentou 1 sessao de reiki, para fazer um juizo por si mesmo? nao levem a mal eu dizer isto, mas como a sensaçao é tão agradavel, nao consigo ver nada de errado. Onde eu vejo talvez alguma incompatibilidade, é no uso de simbolos, pois parece-me que estou a invocar simbolos e nao a Deus. Mas como o sacerdote disse que nao tinham mal algum, e como o cristianismo tambem usa muita simbologia, penso que nao tenha mal nenhum, pois que na igreja, eu tambem uso o simbolo da cruz do meu corpo.
    Obrigada pela vossa atenção

  14. Olá,mais uma vez. Esqueci-me de mencionar uma coisa. Diz-se que o reiki é uma corrente panteísta. Eu não sei em que consiste essa corrente, mas segundo vem acima, esta defende que tudo é parte de Deus, tudo é Deus e que nos podemos fundir com o todo à nossa volta.

    Ora, eu faço reiki e não acredito nisso. Tudo vem de Deus, eu acredito, tudo, entre aspas. ou seja, o mundo, planetas, plantas, minerais, vegetais e o homem. O bem vem de Deus, mas o mal já nao pode vir, pois Deus é amor. Tudo é Deus, eu já nao acredito. Para mi Deus, é o ser supremo, o criador de tudo quanto existe. A criação não é Deus, mas sim a sua criação. Acredito em Jesus e no Espirito Santo, assim como nos Anjos. Acredito que na morte, o ser humano vá para algum lugar, embora já sobre esse tema, tenha pesquisado tanto, que nao sei para onde irei. O apostolo Paulo, diz que voltamos no final dos tempos, mas eu nao percebo, pois ja li alguns livros catolicos, que dizem que o final dos tempos é quando morremos, pois lá em cima, nao existe tempo e espaço. também nao percebo conceitos como inferno, pois isso para mim, significaria a prisão eterna. Ora, aqui na terra, ja se é contra em muitos países a pena de morte e a prisão perpetua. Serão os seres humanos capazes de mais perdão do que Deus, que até enviou Jesus ao mundo? Uns dizem que dormimos até ao juizo final, outros que reencarnamos. Ja andei a ler sobre este tema da morte, mas é muito complexo. Recentemente, comprei um catecismo catolico em Portugal, o Youcat, que responde à pergunta: porque estamos no mundo? Resposta: “Ser pessoa humana significa vir de Deus e ir para Deus. Nós vimos de mais longe que dos nossos pais….”- pergunta 1. Ora, eu pergunto: se vimos de mais longe, é porque antes do nascimento, o nosso eu já pré-existia.
    Bem, estou a fugir ao tema. Nao creio que ao morrer, me vá fundir com o todo, com as arvores, flores, rios, etc. Creio que serei eu a existir, embora sem saber onde.
    Eu penso que a energia cosmica universal, é a energia que anda no ar. Isto digo eu. É como o vento, que ninguem vê, mas sabemos que existe.

  15. O Movimento da Nova Era trouxe essas modernidades, como reiki, florais de bach, pirâmides, gnomos, energia da Mãe Terra, força interior, poder da mente, mantras, e outras milhares de invenções humanas para confundir as pessoas e levá-las a negar um Deus Criador, e o pior de tudo: negar a divindade de Jesus Cristo.

    As pessoas fazem o que quiserem de suas vidas e se o seu deus é a energia cósmica universal, e preferem desacreditar dos ensinamentos da Biblia, e por mais que se fale elas não abrem seus olhos, paciência, o que se vai fazer?

    Eu nunca fiz uma sessão de reiki e não pretendo fazer, pois eu faço minha “limpeza” da alma através de uma Confissão e uma Comunhão, após a quais eu me sinto limpa, leve, pura.

    As pessoas se envolvem com essas coisas da Nova Era e ficam atraidas pelo bem estar que dizem sentir, e se esquecem do verdadeiro Deus, e que só Ele pode nos preencher.

    Maria, não quero ofender, apenas falei o que eu entendo sobre a Nova Era e seus perigos, e só para informar: eu não sou da Comunidade Shalom, eu sou Católica , mas não pertenço a nenhuma Comunidade, apenas participo da minha Paróquia.
    Pense bem e abra seu coração para Deus.
    Talvez você se interesse em ler esse artigo, muito esclarecedor:
    http://www.lepanto.com.br/dados/EstNovaEra.html

  16. Reike, nada mais que uma ferramenta, a questão é , separar o joio do trigo.

    Mas a vós eu digo, a Ciência nasceu dentro do paganismo, isso é um fato.

    reike veio do budismo Ok, a ciência também veio do paganismo .

  17. Boa tarde.

    Agradeço ao artigo enviado sobre a nova era. Estive a ler, embora que ainda muito por alto, pois terei que o estudar mais aprofundadamente. Porque é que o reiki tem a ver com a nova era e com o panteísmo? – não consigo perceber. No artigo, diz-se que neste só há 1 realidade, que é a energia cósmica, e que tudo o resto, animais, vegetais, etc, é ilusão dos sentidos, bem como que tudo é manifestação da mesma energia divina.

    Ora, quando eu defendo o reiki, não o defendo nesse sentido. Pelo menos para mim. Eu distingo Deus, de tudo quanto existe. Quando digo que tudo é energia, não é no sentido do panteismo, mas sim, que o meu corpo tem energia, os dos animais e plantas tambem. Penso que na natureza tambem existe energia, mas nao no sentido de pensar que esta é que é tudo quanto existe. Acho que nao sei exprimir bem o meu pensamento.
    Quando digo que tudo é energia, nao é no sentido que tudo se funde na mesma, mas sim, que cada coisa emite uma energia propria.

    Eu acredito em Deus, como disse. Ainda ontem entrei numa igreja, onde estava exposto o Santissimo Sacramento e onde estive a falar com Jesus, em pensamento, na minha oração. Eu não peço nada à energia, faço as minhas orações a Deus. No entanto, costumo aplicar reiki quando nao me sinto bem ou esgotada. Eu costumo pedir a Jesus que mande a energia do reiki. Nao me sinto a pecar por isso. Nao sinto no meu coração que Jesus me condene por isso. Eu pensava que o que podia eventualmente levar à rejeição do reiki pela igreja, fossem os simbolos do mesmo e nao a energia em si.

    Gostaria que me respondessem 1 duvida. Para quem condena o uso do reiki, de onde procede a sensação de intenso calor que saem das maõs do terapeuta? Porque o paciente sente 1 sensação tão grande de relaxamento e bem estar? é que a sensação de calor (tambem pode ser frio), costuma ser bem intenso e real. Eu ja me aconteceu, quando me deram reiki a mim, começar a sentir 1 vento a circular acima de mim e nos meus braços. De onde vem esse vento?

    Obrigada mais uma vez

Deixe um comentário