* A Baleia azul e o sentido da morte. Uma reflexão capaz de ajudar pais e filhos.

baleia-azul-4 (1)

Toda pessoa viva já pensou na morte. Pensar na morte faz parte da vida. O que diferencia alguém vivo de alguém morto é que o vivo ainda não morreu. Vida e morte são coisas claramente separadas, apenas nas palavras. Viver é morrer um pouco a cada dia. Morrer é parar de morrer. Uma vez, uma…

* O jogo da ‘baleia azul’ é sintoma de uma (triste) era.

tumblr_om6g1hhKMs1vys6jro3_1280

Sintomática de uma era, vem causando espanto e muita preocupação uma onda de suicídios na Rússia, motivados por um jogo intitulado Blue Whale (Baleia Azul, alusão ao cetáceo que está em extinção). Os participantes seguem uma série de instruções que os deixam fragilizados e motivados a tirar a própria vida. O jogo é viral e…

* Por que seu filho não deve ser seu confidente.

mae-filha-20151216-072

Dividir os problemas com os filhos é comum e pode até ser importante para construir uma dinâmica familiar saudável. Mas um estudo científico publicado no Journal of Family Therapy traz um alerta para aqueles pais que exageram nas confidências. Compartilhar detalhes da vida pessoal ou fazer reclamações excessivas do cônjuge podem provocar consequências negativas para a vida das…

* Pais que foram mimados tendem a educar filhos mimados.

Businessman With a Pacifier and Bib --- Image by © Robin Bartholick/Corbis

Por Rafael Mansur Trabalho em uma escola particular com famílias classes A e B, idade entre 26 e 37 anos. Vejo de tudo lá, tudo mesmo… e a coisa que mais tenho visto ultimamente é criança mandando em pai e mãe e pai e mãe tentando mandar na escola. Tudo começa quando essa geração adulta…

* Como lidar bem com o fato de termos nossa maternidade/paternidade tão…imperfeita?

rxsi88rzdubieu4tslbt9htemtmptia7jajhramjmd0sup6n0jpj_m2xvtcts5kesntp3dgrcz2kbpqf0whzrdggiwo3-g

Ser mãe ou ser pai é uma das tarefas mais desafiadoras que podemos enfrentar na vida, por uma série de motivos: confundir e não conseguir separar o filho(a) de quem somos, ter expectativas e sonhos que não são os mesmos das crianças, tentar fingir ser melhor e mais perfeito do que realmente se é, disciplinar…

* Formas – não tão evidentes – de abandonar seus filhos.

child1

Abandonar um filho quando ele mais precisa dos pais significa deixá-lo sem atenção e cuidado, sem o amparo e proteção de que precisa, causando danos talvez irreparáveis em seu ser. Alguns pais recorrem a elaborados mecanismos de justificação, e quanto mais o fazem, mais endurecem seu coração à verdade de estar cometendo uma ação inumana,…

* Estudo comprova que prática religiosa na infância afasta jovens do alcoolismo e drogas.

fe-crianca

Uma pesquisa recente desenvolvida por pesquisadores de diferentes universidades norte-americanas constatou o que o bom senso já era capaz de supor. Frequentar atividades religiosas desde a infância é um dos hábitos mais eficazes para evitar o uso de drogas ou abuso de álcool na adolescência e juventude. O estudo foi liderado pela doutora Michelle Porche…

* Tirania infantil: superproteção familiar impede o indivíduo de criar suas próprias ferramentas de sobrevivência diante da vida!

tirania-infantil

Sob as asas indulgentes de pais pretensamente diligentes e amorosos, desenvolve-se uma espécie humana incapaz de conviver com a frustração; insaciável em suas necessidades de atenção; dependente de cuidados, básicos ou sofisticados; impossibilitada de enxergar outro ponto de vista que não o seu; voraz e corruptível. A superproteção familiar impede o indivíduo de criar suas…

* Adultos-crianças: “Quando lhes perguntava o que queriam de seu futuro, eles, já universitários, olhavam para os pais em busca de uma resposta”

download

Entrevista com Julie Lythcott-Haims A ex-reitora de Stanford diz que o overparenting, a obsessão dos pais de guiar e proteger seus filhos, criou uma geração de “adultos-crianças” despreparados para o mundo No início dos anos 2000, então reitora da Universidade de Stanford [Estados Unidos], Julie Lythcott-Haims começou a notar algo curioso no comportamento de seus…

* Se joga! A arte de não enferrujar.

topic (1)

Houve um tempo em que eu não tinha medo do perigo. Batia a vontade e me punha de cabeça pra baixo, fazendo parada de mão, até cansar e cair em ponte. Se acontecia de me estatelar de costas no chão, me preocupava com o vexame, jamais com a coluna. De bicicleta, rolimã ou patins, descia ladeiras…

* Como evangelizar os meus filhos? Os pais não devem apenas mandar os filhos para a igreja, mas levá-los!

6187608743_8227b41f32

Quando Igreja ensina que os primeiros catequistas são os pais. É no colo deles que toda criança deve aprender a conhecer a Deus, aprender a rezar e dar os primeiros passos na fé; conhecer os Mandamentos e os Sacramentos.Os pais são educadores naturais, e os filhos assimilam seus ensinamentos sem restrições. Será difícil levar alguém…

* O poder do NÃO no processo educativo de nossos filhos. “Não negociar o inegociável”

Quando-devo-dizer-não-para-os-filhos

O século XXI está avançando, as tecnologias antes inimagináveis avançam com ele, o ser humano nunca teve tanto poder com tão pouco esforço. Embora acostumado com o ritmo intenso e veloz em que a maioria de nós tem vivido, às vezes ainda me espanto com tantas mudanças e possibilidades que aparecem num curto espaço de…

* Ideologia de gênero: conselhos práticos para proteger a liberdade de educação dos nossos filhos.

20150621110640113985u

O ‘Manual’ foi feito para a realidade italiana, mas pode ser adaptado à realidade brasileira. Peço a educadores brasileiros que tenham acesso a esse conteúdo que mandem outras sugestões na mesma linha para divulgarmos aos pais cristãos. *** Comitê italiano “Defendamos nossos Filhos” oferece às famílias um conjunto de conselhos práticos para proteger a liberdade…


1 / 812345...»