Blog Carmadélio http://blog.comshalom.org/carmadelio Artigos e notícias de interesse permanente selecionadas à luz da verdade e da fé Católica. Fri, 03 Jul 2015 20:23:12 +0000 pt-BR hourly 1 http://wordpress.org/?v=4.1.5 * Uma visão geral da iminente viagem do Papa à América Latina: Equador, Bolívia e Paraguai. http://blog.comshalom.org/carmadelio/46520-uma-visao-geral-da-iminente-viagem-do-papa-a-america-latina-equador-bolivia-e-paraguai http://blog.comshalom.org/carmadelio/46520-uma-visao-geral-da-iminente-viagem-do-papa-a-america-latina-equador-bolivia-e-paraguai#comments Fri, 03 Jul 2015 12:01:05 +0000 http://blog.comshalom.org/carmadelio/?p=46520 ANSA758793_Articolo700x350xpapa-viagem.jpg.pagespeed.ic.z7AgpiUJDz

 

Em uma entrevista à CTV, o Secretário de Estado Pietro Parolin desenha uma visão geral da viagem do Papa ao Equador, Bolívia e Paraguai, nos próximos 05-13 julho

Cheia de esperança é a viagem que, do 5 ao 13 de Julho, levará o Papa Francisco à América Latina, onde passará por três países – Equador, Bolívia, Paraguai – voará sete vezes no avião, pronunciará 22 discursos, e anunciará “a alegria do Evangelho” perante mais de um milhão de pessoas.

Não poderia ser de outra forma para o que João Paulo II já havia chamado, visitando-o várias vezes, de “o continente da esperança”. Uma expressão que permaneceu nos registros, lembrada com emoção pelo cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado, em uma longa entrevista dada hoje no Centro Televisivo Vaticano, na véspera da “mais longa viagem” do pontificado de Bergoglio.

Para compreender a sua importância, o cardeal refere-se precisamente às palavras do Santo Papa polaco, que o próprio Francisco mencionou na Missa na Basílica de São Pedro, no dia 12 de dezembro de 2014, por ocasião da Festa de Nossa Senhora de Guadalupe: A América Latina como “continente da esperança”. “A partir dela – destaca Parolin citando diretamente as palavras de João Paulo II – espera-se novos modelos de desenvolvimento que combinem tradição cristã e progresso civil, justiça e equidade com reconciliação, desenvolvimento da ciência e tecnologia com sabedoria humana, sofrimento fecundo com alegre esperança”.

Portanto, este é “o caráter” da terra que o Santo Padre vai visitar. Terra que pode oferecer novos impulsos para a Igreja e para a política mundial, como destaca a entrevistadora Barbara Castelli. “O continente latino-americano é um continente em movimento – confirma, de fato, o Secretário de Estado – no qual estão presentes transformações, mudanças a nível cultural, a nível econômico, a nível político”, que, durante estas décadas, em uma “fase positiva”, permitiram que muitas pessoas saíssem da extrema miséria e “se incorporassem progressivamente também na classe média”.

O cardeal destaca também “acentuados fenômenos de urbanização” ou outros ligados, por um lado, à globalização, por outro à “progressiva secularização da sociedade latino-americana”, diante das quais a Igreja “escolheu o caminho da conversão pastoral” e “do compromisso missionário”, de um modo que “pode se tornar também paradigmática para muitas outras parte do mundo”.

Tudo isso é expresso totalmente no Magistério do Papa, que “fundamenta as suas raízes” no documento de Aparecida e nas suas referências ao primado da graça, à misericórdia, e à coragem apostólica. Referências propostas agora pelo Papa Francisco a toda a Igreja universal.

De um ponto de vista político, Parolin, define a América Latina como um “laboratório, no qual se experimentam novos modelos de participação, formas mais representativas”, que dão voz a segmentos da população até agora não suficientemente ouvidos. “Um caminho – explica – é a busca de uma via democracia própria, que tenha em consideração peculiaridades destes Países e que saiba conjugar a participação de todos: portanto, o pluralismo; as liberdades, as liberdades fundamentais; e, portanto, o respeito pelos direitos humanos”.

Refletindo mais no detalhe das três etapas que o Papa terá, o cardeal Secretário de Estado fala da Igreja no Equador, que – diz – está chamada hoje a lutar contra aquelas ‘colonizações ideológicas’ que tendem a subverter o ethos e as tradições das populações.

A este respeito, Parolin recorda uma carta pastoral publicada no ano passado pela Conferência Episcopal do Equador, na qual os prelados “procuraram descrever qual era o papel da Igreja na sociedade e procuraram definir também o que se entende por uma sadia laicidade, por uma verdadeira laicidade”. “A Igreja só pede a possibilidade de exercitar a própria missão, que contribui ao bem da sociedade, que contribui ao debate democrático, que contribui à promoção de toda pessoa humana e, especialmente, dos grupos mais vulneráveis”, comentou o cardeal.

Em seguida, analisa a etapa na Bolívia, onde o Papa será recebido pelo presidente Evo Morales, com quem compartilha uma série de preocupações, como a atenção à proteção aos pobres ou o cuidado ambiental. Na Bolívia, Bergoglio será capaz, portanto, de reiterar estes fortes apelos já claramente expressos na recente encíclica Laudato Si’: a salvaguarda da criação, a justiça social; a busca de “uma paz que respeite os direitos de todos”. Mas também “o apelo a uma sociedade mais inclusiva dos pobres, a luta contra as formas extremas de pobreza para que se reconheça a dignidade de cada pessoa”.

Também, enfatizou Parolin, o Santo Padre vai chamar a atenção do mundo à questão do “respeito à identidade cultural de cada País, contra esta tendência da globalização de padronizar tudo”, para evitar também que “as relações sociais sejam comercializadas”.

Finalmente, a terceira etapa da viagem, o Paraguai, onde Papa Francisco – lembra o entrevistado – vai viajar como “missionário”, como definido pelos bispos do país. Lá, a poucos passos da sua Argentina, o Papa vai colocar no centro a questão da família, colocando-se, assim, no caminho catequético e missionário das Igrejas locais, focadas neste triênio, especialmente na família.

“Uma família que reflete a família latino-americana, que, portanto, tem muitos valores”, fala o cardeal Parolin, explicando que “no Paraguai as famílias ainda são fortes e muitas” e que esse “é um dos países mais jovens do mundo”. No país, também, é muito forte o compromisso “a nível constitucional pelo respeito à vida, desde o seu início até o seu fim”, diz ele.

Embora existam “pontos fracos”. Entre estes, por exemplo, “as famílias com um só pai ou mãe, onde a mãe está só e praticamente leva todo o peso da família”. Ou o desemprego e o subemprego, que “evidentemente – relata o cardeal – compromete a estabilidade e a vida normal das famílias”. Sem esquecer também a chaga da droga, “que desestabiliza muitas famílias”.

Bem, diante desses cenários, muitas vezes escuros, o Papa – garante o Secretário de Estado – será “uma presença de proximidade a todas as famílias, especialmente aquelas que sofrem por um destes motivos”, e também um “incentivo para seguir em frente”.

Por Salvatore Cernuzio

]]>
http://blog.comshalom.org/carmadelio/46520-uma-visao-geral-da-iminente-viagem-do-papa-a-america-latina-equador-bolivia-e-paraguai/feed 0
* Altar de rituais satânicos é retirado provisoriamente do caminho do Papa na Bolívia. http://blog.comshalom.org/carmadelio/46515-altar-de-rituais-satanicos-e-retirado-provisoriamente-do-caminho-do-papa-na-bolivia http://blog.comshalom.org/carmadelio/46515-altar-de-rituais-satanicos-e-retirado-provisoriamente-do-caminho-do-papa-na-bolivia#comments Fri, 03 Jul 2015 11:38:06 +0000 http://blog.comshalom.org/carmadelio/?p=46515 153467_1_11.jpg  nnnnnnnnnnnnn

Operários bolivianos retiraram o altar para rituais satânicos e oferendas a entidades andinas da estrada que liga as cidades de La Paz e El Alto, por onde o papa Francisco passará na visita que fará ao país na semana que vem.

A “Curva del Diablo”, que normalmente abriga dezenas de velas e outros elementos usados nos eventos, estava hoje como qualquer outra parte da rodovia. Homens da prefeitura de La Paz e da Administradora Boliviana de Estradas (ABC) limparam o lugar e colocaram algumas pequenas plantas onde antes ficava o altar improvisado.

Membros da “Waka Katari”, um grupo que promove rituais andinos no local, ajudaram nos trabalhos e suspenderam os rituais até o fim da visita do papa à Bolívia, explicou à Agência Efe uma das integrantes, identificada apenas como Adriana. Segundo ela, o lugar é, na realidade, uma “waka”, local considerado sagrado na cultura andina e “não possui energia negativa”, ao contrário do que pensam as pessoas.

Na última segunda-feira, o grupo fez um ritual para pedir permissão para organizar o lugar e os integrantes se organizaram em turnos para garantir que ninguém usará o local nos próximos dias.

“Pedimos que respeitem o lugar por dez dias para que não haja enfrentamentos, porque se a prefeitura ou a ABC fizessem sozinhas o trabalho certamente haveria enfrentamentos e mortes”, indicou.

O papa Francisco visitará a Bolívia entre os dias 8 e 10, como parte de uma viagem pela América do Sul, que também inclui o Equador e o Paraguai. O pontífice chegará a El Alto, situada a 4 mil metros acima do nível do mar, e de lá irá a La Paz, a 3.600 metros de altitude, passando pela estrada em um veículo descoberto.

Há algumas semanas, as autoridades anunciaram limpariam a “Curva del Diablo” por conta da chegada do papa. Porém há três anos, o governo derrubou um altar de cimento que existia no lugar, depois que um corpo foi encontrado nas proximidades e a polícia suspeitou que o caso tivesse relação com os rituais.

No começo deste ano, organizações em defesa dos animais denunciaram que alguns bichos, como coelhos, cachorros e gatos, estavam sendo sacrificados em cerimônias satânicas na “Curva del Diablo”. Muitos dos ritos dos grupos supostamente satânicos aparecem misturados as crenças dos povos indígenas sobre o sacrifício de animais, particularmente lhamas, dedicadas à Mãe Terra para pedir boas colheitas e prosperidade.

A integrante do “Waka Katari” negou que as cerimônias sejam satânicas ou que tenha a participação de animais. Segundo ela, eles promovem apenas ritos ancestrais andinos.

EFE

]]>
http://blog.comshalom.org/carmadelio/46515-altar-de-rituais-satanicos-e-retirado-provisoriamente-do-caminho-do-papa-na-bolivia/feed 0
* Lutadores do UFC podem ser proibidos de falar sobre Jesus. http://blog.comshalom.org/carmadelio/46512-lutadores-do-ufc-podem-ser-proibidos-de-falar-sobre-jesus http://blog.comshalom.org/carmadelio/46512-lutadores-do-ufc-podem-ser-proibidos-de-falar-sobre-jesus#comments Fri, 03 Jul 2015 11:09:19 +0000 http://blog.comshalom.org/carmadelio/?p=46512 Testemunho-Vitor-Belfort-atleta-do-UFC-Jesus-te-Ama-Deus-te-AMA

Durante uma coletiva esta semana, Dana White, presidente do UFC, criticou a postura do cubano Yoel Romero, que expressou no octógono sua fé em Jesus de maneira polêmica. Por causa disso, os lutadores podem ser proibidos de falar sobre religião.

Após derrotar o brasileiro Lyoto Machida, no último sábado, o lutador conhecido como “Soldado de Deus”, pediu que os americanos “voltassem para Jesus” e criticou a aprovação do casamento gay pela Suprema Corte.

A tentativa de Romero em se justificar aos repórteres durante a entrevista coletiva indicava que ele havia sido repreendido pela organização do UFC.  Dana White foi questionado sobre o assunto e replicou: “A realidade é esta: [Romero] acabou de ganhar a maior luta de sua carreira, os Estados Unidos não querem saber o que você pensa sobre Jesus. Eles querem saber da luta”.

Depois, White insistiu: “Mantenha essas coisas em casa – religião, política, tudo isso… Legal que você ama Jesus. Ame Jesus o quanto você quiser, só não precisa fazer isso publicamente”.

Não seria a primeira vez que atletas são impedidos de falar sobre sua fé em Jesus. Após vencerem a Copa do Mundo em 2002, jogadores brasileiros posaram para fotos com camisetas e faixas na cabeça falando de Jesus. Pouco tempo depois, a FIFA proibiu a exibição de camisetas com mensagens religiosas na comemoração dos gols.

Não se sabe o que White fará para impedir os lutadores, uma vez que o MMA está repleto de atletas que falam sobre Jesus em suas entrevistas, especialmente quando vencem. Isso já aconteceu comVitor Belfort, Eric Silva, Edson Barbosa, Benson Henderson, Rafael dos Anjos, Diego Sanchez, Jon Jones, Chris Weidman, e muitos outros.

Via Gospel Prime, MMA Mania e MMA News

]]>
http://blog.comshalom.org/carmadelio/46512-lutadores-do-ufc-podem-ser-proibidos-de-falar-sobre-jesus/feed 0
* Secretário-geral da ONU elogia encíclica papal. http://blog.comshalom.org/carmadelio/46375-secretario-geral-da-onu-elogia-enciclica-papal http://blog.comshalom.org/carmadelio/46375-secretario-geral-da-onu-elogia-enciclica-papal#comments Thu, 02 Jul 2015 18:26:10 +0000 http://blog.comshalom.org/carmadelio/?p=46375 download
O secretário-geral da Organização das Nações Unidas Ban Ki-moon saudou o lançamento da encíclica do Papa Francisco, documento onde o líder da Igreja Católica fala das mudanças climáticas como um dos principais desafios que a humanidade enfrenta e convida a todos para um “diálogo renovado” sobre como está sendo construído futuro do nosso planeta.

“O secretário-geral reafirma que a humanidade tem a obrigação de cuidar e proteger a nossa casa comum, o planeta Terra, e mostrar solidariedade com os mais pobres e mais vulneráveis da sociedade, que são os que mais sofrem com os impactos do clima”, declarou o porta-voz da ONU em um comunicado emitido após a divulgação da carta encíclica na quinta-feira (18).

“O secretário-geral apela, portanto, os governos para que coloquem o bem comum acima de qualquer interesse nacional e adotem um acordo climático ambicioso, em Paris, no final este ano”.

Segundo o comunicado, as conclusões da encíclica reconhecem o “consenso científico muito sólido”, mostrando que há um aquecimento em níveis significativos no sistema climático do planeta e que esse aquecimento “resulta principalmente da atividade humana”.

Além disso, o documento papal descreve a mudança climática como uma questão moral fundamental, que exige um diálogo respeitoso com todas as partes da sociedade.

“O secretário-geral congratula-se com as contribuições de todos os líderes religiosos e pessoas de influência na resposta ao desafio das alterações climáticas e no fortalecimento do desenvolvimento sustentável”, diz o comunicado.

“Ele [Ban Ki-moon] está ansioso para receber o Papa Francisco nas Nações Unidas em setembro, em que o líder religioso discursará na Assembleia Geral da ONU”, conclui o comunicado, acenando a visita do pontífice à ONU durante a abertura de alto nível da sessão de aniversário dos 70 anos da organização mundial.

Falando a jornalistas em Nova York, o secretário-geral disse que ele e o Papa Francisco concordam que as mudanças climáticas são uma questão moral que exige ações coletivas urgentes.

“É uma questão de justiça social, direitos humanos e ética fundamental”, continuou o secretário-geral, instando a comunidade internacional a “fazer muito mais para ajudar os mais pobres e mais vulneráveis da sociedade, que são os que mais sofrem com os impactos climáticos, embora sejam os que menos têm a ver com a causa do problema”.

Ban Ki-moon agradeceu profundamente o Papa Francisco por tomar uma “posição firme” quanto à necessidade de uma ação global urgente. A sua voz moral é parte de um coro crescente de pessoas de todas as crenças e todos os setores da sociedade que está se manifestando em favor de uma ação climática.

Fonte: UN News Centre

]]>
http://blog.comshalom.org/carmadelio/46375-secretario-geral-da-onu-elogia-enciclica-papal/feed 0
* Corpos incorruptos, embalsamados e múmias naturais: existem diferenças! http://blog.comshalom.org/carmadelio/46500-corpos-incorruptos-embalsamados-e-mumias-naturais-existem-diferencas http://blog.comshalom.org/carmadelio/46500-corpos-incorruptos-embalsamados-e-mumias-naturais-existem-diferencas#comments Wed, 01 Jul 2015 17:28:29 +0000 http://blog.comshalom.org/carmadelio/?p=46500

coracao_angioni

O QUE É UM CORPO INCORRUPTO?

Os corpos de santos (ou partes de seus corpos) expostos ou guardados em nossas capelas e igrejas podem estar preservados por um desses três fatores:

  • milagre;
  • tratamento químico (embalsamamento ou outra técnica);
  • preservação acidental natural (pela secura extrema do ambiente ou outros fatores).

O corpo miraculosamente incorrupto é aquele que foi encontrado intacto anos após o seu sepultamento. Não pode ter sido submetido a técnicas de preservação química, e seu estado não pode ser explicado por condições naturais do ambiente.

Os casos de corpos incorruptos são numerosos entre os santos católicos. Não são prova de santidade – pois grandes santos tiveram seu corpo completamente decomposto – mas certamente são um belo sinal de Deus, e têm seu peso nos processos de beatificação e canonização.

Seguindo essa definição, não se pode afirmar, por exemplo, que o venerável corpo de São Pio de Pietrelcina está incorrupto, como tantos acreditam. É verdade que, ao ser exumado, o corpo foi encontrado estava em bom estado de conservação – o que pode ser explicado pelo caixão triplo e outras condições do túmulo – mas já apresentava marcas relevantes de decomposição.

O porta-voz dos capuchinhos, Frei Antonio Belpiede, informou à imprensa o parecer da equipe médica que trabalhou na exumação do corpo do santo: “O corpo está bem conservado apesar dos 40 anos de sua morte. Os ossos estão bem ligados, ainda existem tecidos em volta deles; porém, não existe nada de extraordinário ou miraculoso”.

Talvez o Frei Belpiede tenha exagerado ao dizer que não havia “nada de extraordinário ou miraculoso” em relação ao corpo de Padre Pio. Um fenômeno incomum chamou a atenção dos médicos: não se verificou mau-cheiro ao abrir o caixão, apesar da grande umidade.

Antes de expor essa comovente relíquia aos fiéis, na igreja de San Giovani Rotondo, os especialistas cobriram o rosto do santo com uma máscara de silicone e trataram o corpo quimicamente, para impedir a sua deterioração.

A PRUDÊNCIA DA IGREJA

Há uma porção de sites católicos divulgando fotos de corpos de santos, garantindo que se tratam todos de corpos incorruptos. Muitos o são, de fato, mas nem todos. Na verdade, alguns são somente múmias ressequidas por algum fenômeno natural, outros passaram por algum processo de embalsamamento antes de serem sepultados. E alguns, ainda, são apenas imagens de cera contendo relíquias – como é o caso do Beato Sánchez del Río.

beato_sanchez

É claro, a visão desses corpos é cativante e impressiona, mas um pouco de ceticismo é bom para a fé. Ser cético não é duvidar por orgulho ou falta de simplicidade do coração, é pedir motivos razoáveis para crer. É parte integrante da fé católica a PRUDÊNCIA para com qualquer suposto fenômeno sobrenatural. A fé, ao contrário do que muitos pensam, não abre mão da razão (já explicamos isso em um post anterior, confira aqui).

Um exemplo recente dessa prudência ocorreu em 2001, quando o corpo de São João XXIII foi exumado, e encontrado intacto 38 anos após a sua morte. Os fiéis mais empolgados logo gritaram “milagre!”, mas o Vaticano esclareceu que não havia nada de sobrenatural no fato. Segundo a Rádio Vaticana, o corpo do papa não foi embalsamado, mas recebeu um tratamento químico para ser preservado da decomposição.

CORPOS INCORRUPTOS DE OUTRAS RELIGIÕES?

Tentando desprezar ou diminuir esse milagre, muitos dizem que o fenômeno dos corpos incorruptos não é exclusivo dos santos católicos, e acontece também a membros de outras religiões. Não é bem assim… Na verdade, o que vemos por aí são alguns poucos casos de múmias ressequidas – os primos do Mumm-Ha – ou de corpos que passaram por algum processo intencional de preservação.

monge_itigelov

Um dos casos mais famosos e recentes é o do Lama Itigelov, (imagem acima) que teria alcançado a auto-mumificação por meio da sua vida ascética. Ele foi exumado em 2002, e estava em bom estado de conservação. O que poucos dizem é que o relatório de um patologista presente na exumação observou que o corpo tinha um alto nível de sais de bromo. É claro: cumprindo com um dos últimos desejos de Itigelov, seu corpo tinha sido enterrado embalado em água salgada, um desidratante utilizado há milênios para preservar a carne.

Além disso, Itigelov  usou uma técnica chamada sokushinbutsu, que consiste em uma série de procedimentos que, por efeito puramente físico e nada sobrenatural, levam à morte e mumificação (sim, é uma forma de suicídio). O sokushinbutsu foi praticado por séculos por alguns monges budistas, até ser proibido pelo governo do Japão, no século XIX.

O CORPO INCORRUPTO MAIS CÉLEBRE

Entre os numerosos casos de corpos de santos incorruptos, o mais famoso é o de Santa Bernadette, a vidente de Lourdes. Trata-se de um fenômeno ricamente documentado. Está exposto em uma urna de cristal na capela do convento de Saint-Gildard, na cidade de Nevers, França.

Trinta anos após o velório da santa, em 1909, foi realizada a primeira exumação, com a presença de autoridades médicas. Os doutores Ch. David e A. Jordan atestaram que o corpo estava intacto, havendo apenas rigidez cadavérica. Outra exumação foi realizada dez anos depois, quando o Dr. Comte atestou que o corpo permanecia intacto, mas praticamente mumificado. O perito retirou duas costelas e um pedaço do diafragma como relíquias, a pedido do bispo. Em 1923, foi realizada uma terceira exumação, em que o médico retirou mais relíquias. O Dr. Comte verificou, então, que o fígado da santa estava macio e em prefeito estado, o que realmente não é normal.

Como os olhos e nariz da santa estavam encovados e a pele escurecida, foi colocada uma máscara de cera sobre o rosto e mãos. E assim ele permanece até hoje, em exibição (foto abaixo).

santa_bernardete

CORPO INCORRUPTO, MAS NÃO PARA SEMPRE

O fenômeno da incorrupção não deve ser entendido como se o corpo nunca fosse se desfazer, mas apenas como uma demora maior para que isso aconteça. Eventualmente, todos os corpos se desfarão. Só que os corpos de santos incorruptos levam muito tempo para isso, e o fazem sem deixar cheiro desagradável.

Mas, de modo geral, os corpos incorruptos de santos permanecem por muitos anos como “mortos vivos”: as órbitas oculares e órgãos internos se apresentam íntegros (como foi o caso de Santa Catarina de Labouré); alguns até mesmo são flexíveis e não apresentam rigidez cadavérica (como foi o caso de São Charbel). Porém, a manipulação desses corpos – seja para a retirada de relíquias, seja para autópsias que comprovem o milagre – acaba adiantando a sua deterioração, que aconteceria mais cedo ou mais tarde.

Este foi o caso de São Francisco Xavier. Em 1552, ele foi enterrado na Ilha de Sanchão, próxima à China. Seus companheiros queriam que o corpo se desfizesse o mais rápido possível, para que pudesse ter transladado para outro local; por isso, colocaram vários sacos de cal (substância altamente corrosiva) sob e sobre o corpo. Entretanto, sendo desenterrado meses depois, o corpo permanecia em perfeito estado.

E assim o corpo de São Francisco Xavier permaneceu, miraculosamente intacto, flexível e rosado, por mais de 60 anos! Mas a sanha pelas relíquias acabou por destruir a beleza dessa relíquia única: as autoridades de Roma solicitavam partes do corpo para serem veneradas em suas igrejas. Em 1614, amputaram-lhe o braço direito, para que este fosse levado para junto do corpo de Santo Inácio de Loyola; o corpo teve uma hemorragia e começou a ressecar.

Em 1636 arrancaram mais algumas partes do corpo do padroeiro das missões, inclusive órgãos internos. Foi então que ele virou uma múmia feia de assustar, mas, ainda assim, muito amada pelo povo de Goa, onde a relíquia eventualmente é exposta.

Para quem quiser estudar o assunto dos corpos incorruptíveis mais a fundo, recomendamos o livro “The Incorruptibles”, de Joan Caroll Cruz.

Fonte: O Catequista

]]>
http://blog.comshalom.org/carmadelio/46500-corpos-incorruptos-embalsamados-e-mumias-naturais-existem-diferencas/feed 0