Blog do Carmadélio

* Existe SAÍDA para a inclinação homossexual! afirma psicoterapeuta americano.

Zenit

Richard Cohen, psioterapeuta nos Estados Unidos, apresentou seu trabalho na Espanha Comprender y sanar la homosexualidad (compreender e curar a homossexualidade), no qual, deixa aos homossexuais, que querem deixar de sê-lo, uma mensagem de esperança: “Nunca desista, a mudança é possível”.

Baseia-se também na sua própria experiência, já que ele mesmo foi homossexual. Antes de iniciar uma movimentada agenda de promoção do seu livro publicado pela LibrosLibres, Richard Cohen concedeu umas declarações à Zenit. Apresentamos a entrevista.

***

É verdade que a pessoa nasce homossexual?

– Richard Cohen: De acordo com a Associação Americana de Psicologia (APA), não se nasce necessariamente com a atração pelo mesmo sexo: “Apesar de que se tenham investigado muito as possíveis influências genéticas, hormonais, do crescimento, sociais e culturais sobre a orientação sexual, não há evidências que permitam os cientistas concluir que a orientação sexual esteja determinada por um ou por mais fatores concretos. Muitos acreditam que tanto a natureza quanto a educação desempenham um papel complexo. A maioria das pessoas sentem que tiveram pouca capacidade de escolha da sua orientação sexual “, diz a Associação Americana de Psicologia.

Por que existem pessoas com atração pelo mesmo sexo?

– Richard Cohen: Mais de oitenta anos de literatura científica têm encontrado muitas razões pelas quais as pessoas experimentam sentimentos homossexuais. Sei isso pela minha própria vida, pela vida de centenas de pessoas com as quais trabalhei como terapeuta, e de outras milhares através dos nossos workshops de cura e aulas através de videoconferência.

Muitas pessoas não acham o modo de vida “gay” engraçado e gostariam de outro estilo de vida. Querem mudar os seus sentimentos homossexuais e ter família e filhos.

É possível a transição da homossexualidade para a heterossexualidade?

– Richard Cohen: Durante os últimos vinte e dois anos, como psicoterapeuta na International Healing Foundation, tive um sucesso notável ajudando homens e mulheres a resolverem sua atração indesejada à pessoas do mesmo sexo e realizar seus sonhos de heterossexualidade.

Como?

– Richard Cohen: Nosso plano em quatro etapas para passar de gay para não gay funciona se alguém estiver realmente interessado na mudança. Através do nosso programa, explicado no meu livro, as pessoas mudam de dentro para fora. Não é apenas a mudança de comportamento. Quando alguém identifica e corrige as feridas do seu passado, e experimenta o amor numa relação saudável e não sexual com pessoas do mesmo sexo, surge naturalmente o desejo heterosexual.

Você o tem visto no seu consultório…

– Richard Cohen: Eu experimentei isso pessoalmente e tenho observado a mesma transformação na vida de milhares de homens e mulheres com quem trabalhei como conselheiro, em seminários de cura ou aulas por videoconferência.

Os quatro ingredientes da mudança são:

1) motivação pessoal,

2) um tratamento eficaz,

3) o apoio dos demais,

4) o amor de Deus.

Por que o lobby gay não quer assumir que muitas pessoas homossexuais sofrem por seus sentimentos e querem ser livres para fazer a transição?

– Richard Cohen: Os ativistas homossexuais trabalharam duro para evitar que os profissionais da saúde médica e psicológica  oferecessem a sua ajuda àqueles que experimentam atração indesejada pelo mesmo sexo. A razão é que os homossexuais sofrem muitos preconceitos. Tudo o que eles querem é ser amados e aceitos. Portanto, desenvolvem a teoria de que ser gay é algo inato e imutável e não pode ser alterado. Mas isso não é cientificamente exato.

Qual é então o medo de falar de mundança?

– Richard Cohen: Quando afirmo que é possível mudar de homossexual para heterossexual, os homens y mulheres gays, lésbicas, bissexuais e transsexuais sentem-se ameaçados. Compreendo a sua preocupação. Eu sofri discriminação e preconceitos, quando vivia como gay. Sinto o mesmo amor e compaixão por todos os homens e mulheres homossexuais, por aqueles que vivem uma vida gay e por aqueles que procuram uma mudança para viver uma vida heterossexual. Todo mundo é livre de decidir a vida que quer viver. Respeitemo-nos uns aos outros em um espírito de amor e verdade. É um direito humano de autodeterminação e de liberdade de expressão.

No seu livro, você diz que, para essa transição, é preciso curar as feridas emocionais. Que feridas são essas?

Richard Cohen: Se você estuda a literatura científica, vai encontrar os diversos fatores que levam alguém a se sentir atraído pelas pessoas do seu próprio sexo. Se você conversar e escutar os gays e as lésbicas, vai encontrar as similitudes nas suas origens. Eu explico no meu livro dez causas potenciais que levam homens e mulheres a ter sentimentos homossexuais.

Quais são?

Richard Cohen: Ninguém nasce, essencialmente, com sentimentos homossexuais.

Ninguém simplesmente escolhe ter atração pelo mesmo sexo. Existem muitas razões para alguém se sentir atraído pelo mesmo sexo. Algumas causas potenciais dos sentimentos homossexuais são:

1) a carência de vínculos entre o filho e o pai, ou entre a filha e a mãe;

2) o temperamento hiper-sensível;

3) a identificação exagerada entre o filho e a mãe, ou entre a filha e o pai;

4) a falta de conexão com os companheiros do mesmo sexo, garotos que não se sentem à vontade com outros garotos, e meninas que não se sentem à vontade com outras meninas;

5) o abuso sexual. Estas são só algumas experiências que podem levar alguém a desenvolver a atração pelo mesmo sexo. Nunca é uma coisa só que leva aos sentimentos homossexuais.

Então existe uma causa nos pais?

Richard Cohen: Não é a educação dos pais, em si mesma, que gera sentimentos homossexuais, mas a percepção que a criança tem dessa educação. Subjazendo à atração pelo mesmo sexo, nós temos dois pontos principais: 1) traumas que não foram resolvidos no passado; 2) necessidades legítimas de amor por pessoas do mesmo sexo. Esses dois pontos conduzem à atração pelo mesmo sexo.

É possível prevenir a orientação homossexual?

Richard Cohen: Sim. No meu livro Gay Children, Straight Parents, eu explico como a família e os amigos podem ajudar as pessoas atraídas pelo mesmo sexo a mudarem e realizarem o seu destino heterossexual. Como nós conhecemos o que produz os sentimentos homossexuais, é fácil entender a forma de ajudar os homens e as mulheres homossexuais.

Em outras palavras: um menino recebe o seu senso da masculinidade em primeiro lugar do seu pai, e depois dos parentes e companheiros homens; e uma menina recebe o senso da feminilidade primeiramente da sua mãe, e depois das parentes e das companheiras mulheres.

Depois, quando o garoto atravessa a adolescência, surgem naturalmente os desejos heterossexuais. Neste último livro, eu descrevo doze princípios que a família e os amigos podem aplicar para ajudar os seus entes queridos homossexuais a conseguirem atingir a sua verdadeira identidade de gênero. Funciona se você seguir o programa. Nós conseguimos um grande sucesso ao longo dos anos.

Por que sua fé em Deus foi tão importante e decisiva para sua transição da homossexualidade para a heterossexualidade?

– Richard Cohen: Realmente não foi a minha fé em Deus que me ajudou a curar e sair da homossexualidade. Foi a confiança de Deus em mim que me ajudou a mudar! Por muitos anos, eu achava que era a pior pessoa do mundo porque tinha sentimentos homossexuais. Ouvi dizer que a homossexualidade era o pior “pecado”. Mas finalmente percebi que Deus me amava incondicionalmente. Quando senti o seu amor, me tocou no mais profundo da alma e comecei a curar.

Passamos do ridicularizar e silenciar os homossexuais a aceitar quase todas as idéias do lobby gay. Você acha que muitas organizações médicas e religiosas deveriam pedir desculpas aos homossexuais por não ajudá-los no passado, e nem fazê-lo agora por medo de serem demonizados se eles não se dobram ao politicamente correto?

– Richard Cohen: Muitas organizações religiosas, médicas e psicológicas deixam que a criança escorregue pelo ralo da banheira. Abdicam das suas crenças fundamentais em nome da tolerância. Ao invés de pedir desculpas aos homossexuais por seus erros passados, mudam as suas crenças. Isso não é útil e nem agradável para a comunidade homossexual.

Então?

– Richard Cohen: Temos que pedir desculpas por nossas palavras e comportamentos ofensivos do passado, e oferecer-lhes o presente do nosso amor e compreensão, que ajudará verdadeiramente que todos os homossexuais se descubram a si mesmos em toda a sua verdade e autenticidade. Quando o fizermos, surgirá em todos nós uma mudança real e duradoura.

O que você diria a uma pessoa com sentimentos homossexuais que sofre e quer mudar sua orientação?

– Richard Cohen: Entendo como você se sente. Passei por isso. Tenha esperança de que todos os seus sonhos serão realidade. Mudar é possível! Vivi uma vida gay e agora estou casado há trinta anos. Não desista. Se você seguir as quatro etapas da cura de Compreender y Sanar la homosexualidad, encontrarás a liberdade que você deseja. Nunca desista.

O livro, em espanhol, pode ser adquirido clicando aqui.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio, postaram comentários que não cumprem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seguir

  1. mais uma mentira disseminada por este blog, não existe tendência nem inclinação ao homossexualismo, existe uma natureza homossexual, que se nasce com ela e não se pode abrir mão, é criação de Deus, é da vontade do pai, queriam ou não queiram, é a vontade de Deus, e mais uma vez repito como hoje seriam as palavras de Jesus para essas pessoas homofóbicas e preconceituosas que descriminam seus irmãos em Cristo nosso senhor: os homossexuais vos precederão no reino de Deus !

    1. CARÍSSIMO RUBENS,

      Respeitamos sua opinião e na mesma medida discordamos.
      Não existe uma “natureza” homossexual, se assim fosse, não teríamos uma genitália definida nem existiriam TODAS AS DIFERENÇAS naturais que existem entre os homens e as mulheres, devidamente comprovadas pela ciência.

      Se fosse essa a vontade de Deus nasceríamos todos hermafroditas e a natureza também teria esse padrão.

      Agora acreditar que é algo adquirido, comportamental e que não é desejado por quem tem, isso concordamos.E que alguns não se identificam com o estilo de vida e não sentem orgulho de terem a tendência também concordamos.

      Estamos aqui para oferecer informações que os apoiem nessa luta particular, que deve ser respeitada.
      Respeitada também deve ser a vontade de quem quer viver assim e até acreditam que nasceram assim.

      As pessoas tem todo o direito de viverem como quiserem!

  2. “…é criação de Deus, é da vontade do pai, queriam ou não queiram, é a vontade de Deus, e mais uma vez repito como hoje seriam as palavras de Jesus para essas pessoas homofóbicas e preconceituosas que descriminam seus irmãos em Cristo nosso senhor: os homossexuais vos precederão no reino de Deus!”

    Essa é a Vontade de Deus e essas são as Suas palavras:

    “Não te deitarás com um homem, como se fosse mulher: isso é uma abominação.” (Lv 18,22)

    “Se um homem dormir com outro homem, como se fosse mulher, ambos cometerão uma coisa abominável. Serão punidos de morte e levarão a sua culpa.” (Lv 20,13)

    “Acaso não sabeis que os injustos não hão de possuir o Reino de Deus? Não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos,…” (I Cor 6,9)

    “Por isso, Deus os entregou a paixões vergonhosas: as suas mulheres mudaram as relações naturais em relações contra a natureza.
    Do mesmo modo também os homens, deixando o uso natural da mulher, arderam em desejos uns para com os outros, cometendo homens com homens a torpeza, e recebendo em seus corpos a paga devida ao seu desvario.” (Rm 1,26-27)

    “Por isso o homem deixa o seu pai e sua mãe para se unir à sua mulher; e já não são mais que uma só carne.” (Gn 2,24)

    “Respondeu-lhes Jesus: Não lestes que o Criador, no começo, fez o homem e a mulher e disse:
    Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher; e os dois formarão uma só carne?
    Assim, já não são dois, mas uma só carne. Portanto, não separe o homem o que Deus uniu.” (Mt 19,4-6)

    Em nenhum momento sequer fica subentendida qualquer aprovação no sentido de que o “homssexualismo” seja vontade de Deus, isso é uma blasfêmia.
    Não existe “natureza” homossexual, o que a Igreja admite poder existir, é uma “propensão natural” ao desejo homossexual(particularmente acredito que na maioria das vezes adquirida).
    Ora não somos animais irracionais, de forma alguma nos é impedido de abrir mão de tal, imaginar o contrário levaria a crêr que seu mesmo discurso poderá ser usado para legitimar COMO VONTADE DE DEUS a pedofilia, ou qualquer outra depravação que se considere de inclinação natural.

    Isso não é discriminação, pois só pode ser vítima de discriminação um indivíduo e não um comportamento, idéia ou qualquer coisa abstrata.
    Deus abomina o pecado mas ama o pecador, daí sua necessidade de separar um do outro.
    Ao contrário do que ocorre em outras culturas, para a Igreja o homossexualismo não pode ser considerado crime, mas é e sempre será um pecado. Nem todo pecado é crime, nem todo crime é pecado.

    Muitos outros comentaristas no blog apesar de não concordarem com tal posição, reconhecem isso, e jamais subverteram o que se conhece de Doutrina e Religião Cristã para tentar justificar isso.

    Os homossexuais podem preceder a muitos no Reino de Deus, mas jamais por essa condição, assim como as prostitutas não precederão a ninguém pelo fato de serem prostituas mas de acolherem a Vontade de Deus VERDADEIRAMENTE:

    “Vá e não tornes a pecar…”

    Vinde Senhor Jesus!

  3. Esperança, determinação, mas sobretudo colaboração com a graça de Deus e os meios por quais ele passa com a sua redenção e cura, como a Psicoterapia. Esse texto transmite caminhos de verdadeira transformações em busca da verdadeira identidade sexual.

  4. Concordo que não existe “Natureza homossexual, dizer que é a vontade de Deus é apenas uma mentira que serve como apoio para a prática” Como digo..Se tivesse nascido Adão e Ivo seria sim Natureza homossexual..Mas como foi Adão e Eva….Mas enfim sei que as tedências existem em muitos ou em todos já tiveram essa tendência nem que tenha sido por um dia de sua vida. Mas Deus dá a Graça para todos viverem a plenitude da vida com sua identidade perfeita sendo o que nasceram para ser. Homens ou mulheres Filhos de DEus. Shalom!!!

  5. Boa tarde. E tenho 9 anos de idade e essas coisas não me encomodam. Amigos, a mim não encomoda em nada uma pessoa ser, ou não ser homossexual. Eu fico encomodado é quando eu vejo politicos roubando verbas, destinadas a compra de merenda escolar de crianças, que não têm o que comer em suas casas. O que me encomoda, são os traficantes viciando jovens, e destruindo familias. O que me encomoda é uma mãe deixar sua filha de 12 anos vestir roupas sênsuais. O que me encomoda é um Presidente de um país que está cheio de bandidos, ainda “segurar” um assasino italiano aqui no Brasil, só por birra. O que me encomoda é quando alguém fala que a religião do outro é do demônio, só porque é diferente da dele. O que me encomoda é um aposentado receber uma miséria, depois de uma vida inteira de trabalho. Disse Jesus, vedes um cisco no olho do vosso irmão, e não vedes uma trave que está no vosso olho. Aquele que está sem pecados atire a primeira pedra. Sobre Adão e Eva, se trata de uma parábola,Caim depois de matar Abel vai para cidade de Node. Existe vida humana na terra a mais de quinhentos mil anos, claro que criadas por Deus.

  6. Olá, sou pastor evangélico e teólogo. Descobri esse blog quase que por acaso quando pesquisava assuntos relacionados a justiça trabalhista. De repente pude caminhar por alguns posts aqui e dentre eles o que trata da homossexualidade. Ninguém, nenhum cientista por mais que o quisera, pôde provar que a homossexualidade seja algo nato, ao contrário, todos os estudos mostram que a homossexualidade é uma prática, inclinação psicológica, não genética, adquirida geralmente ainda na infância. Não precisamos nem recorrer a Bíblia para entendermos que a hossexualidade não é uma prática normal, basta analizarmos o assunto pela ótica da anatomia humana. Toda a genitália masculina e feminina foram projetados para um encaixe perfeito.Agredir, humilhar, segregar uma pessoa homossexual: JAMAIS, mas ser obrigado a aceitar uma imposição GAY, NUNCA. Deus fez macho e fêmea e projetou em um design inteligente cada parte do corpo humano; cada membro, cada órgão com uma finalidade específica. Assim é!!

  7. Olá, Valdemir Faleiros!
    Sabe, Valdemir, para um menino de 9 anos voce é muito inteligente! ou, (perdoe-me por esta), tem alguém te dizendo o que escrever. Quero acreditar que é o primeiro ítem valendo.
    É claro que muitos também não gostam nada, nada de: dinheiro sendo usado indevidamente (principalmente o das crianças); do bandido q veio “morar” aqui, e de outras coisas que voce mencionou.
    Acontece que as mães (e pais também) tem muita dificuldade em fazer seus filhos seguirem o que é certo, direito, como Deus ensina. È um pouco complicado por que algun pais(e mães) pensam que se deve impor, outros não e, alguns não estão nem aí para o que verdadeiramente acontece com seus filhos. Quando voce for maior perceberá essas situações de como educar um filho(a).
    A Palavra de Deus ensina como cuidar em muitos livros e também no Eclesiástico, que contém muita sabedoria, porém algumas igrejas evangélicas não o tem. O Livro da Sabedoria tem vários elogios e vantages de possuí-la, porém ela se encontra de verdade no Livro Eclesiástico.
    E seria interessante também voce ler devagar no Livro de Deuteronômio capítulo 18, versículos de 9 à 19 (todos são da Bíblia= coleção de livros) que são PALAVRAS DE DEUS, não nossas.
    Lembra-se de quando vamos comprar alguma coisa, máquina de bater bolo, carrinho de brinquedo que corre, anda, breca e tem controle remoto, por exemplo, vem com eles um Manual de Instrução para se saber usar sem quebrar ou danificar o produto? Pois é: Deus é tão maravilhoso e nos ama tanto, que também nos deixou um manual de instruções para a gente saber viver sem se danificar ou quebrar…é a PALAVRA DE DEUS, e mais o Magistério (de mestre, professora, de mãe) da Igreja, isto é coisas que TEM FUNDAMENTO NA BÍBLIA, mas não estão assim tão claras de se ver, e a Tradição: se vc for paciente e já que é inteligente, procure saber…a Igreja Católica Apostólica Romans tem como explicar tudo isso certinho!
    Queremos respeitar os outros modos de ver as coisas, mas que Deus nos ensinou assim e PEDIU p/ que a outros ensinássemos o que sabemos, assim o fazemos.
    É claro que muitos não querem saber o que Deus pensa…e seguir o ‘manual’ fazer o quê… paciência, chegará o dia que ele será tocado tão profundamente que não terá como negá-lo.
    Felicidades!
    Espero que com esta vce fique um pouco mais tranquilo,

  8. Paz e bem!

    Que Deus e a Virgem Maria te abençoe Carmadelio pela sua coragem e ousadia em anunciar a verdade que liberta.
    Primeira pergunta que devemos nos questionar? Sendo que Deus criou homem e mulher e abençoou a união entre eles (Gen.1, 27-28), portanto, a união entre o mesmo gênero é contra este princípio e o que podemos ver diante de tantos testemunhos expostos aqui neste blog sobre homossexualidade é que existe algo de errado na formação psicológica da pessoa devido algum trauma e acaba levando a sentir atração pelo mesmo sexo. Outra característica é que a autoridade exercida por ouras pessoas sobre a nossa formação é determinante para tenhamos uma afetividade e sexualidade saudável.
    Muitos podem até se perguntar: por que nos Evangelhos de Nosso Senhor Jesus Cristo, não menciona nenhum relato sobre conversão de homossexual?
    Primeiro, no episódio da mulher adúltera (Joã 8, 1-11) Ele já condenou toda forma de homicídio e e genocídio, sendo assim, matar e excluir qualquer pecador da Graça de Deus já estaremos cometendo uma afronta à Moral Cristã (Moral ensinada por Jesus Cristo).
    Segundo, o Apóstolo São Paulo nas cartas aos Romanos (1, 18-32; 2; 3, 1-20; menciona que todos os homens são pecadores), e de Romanos (3,21-31; 4; 5, 1-11; a justiça de Deus dá a vida a todos os homens). É importante frisar que neste trecho menciona o pecado da homossexualidade, no entanto, “com efeito, todos pecaram e todos estão privados da glória de Deus), e são justificados gratuitamente por sua graça; tal é a obra da redenção, realizada em Jesus Cristo”. (Rom. 3, 23-24).
    Terceiro, Jesus Cristo deixou a missão de anunciar a sua redenção e defesa da vida dos homossexuais convidando-os a adentrarem ao pórtico da graça, para os Apóstolos dos últimos dias, antes de Sua Vinda Gloriosa. Este anúncio está exatamente na Carta de São Paulo aos Romanos, pois, São Paulo, nos remete o seu apostolado para os dias atuais.
    Quarto, se alguém nasce já “predestinado” a ser homossexual, então deve existir outro deus criador não mencionado até os nossos dias e ao mesmo tempo, estaremos colocando ou desconsiderando por completo o mistério da Redenção anunciada e realizada por Nosso Senhor Jesus Cristo. Sendo assim, estaremos negando um Dogma de Fé. Devemos ter muito cuidado para não cair numa mentalidade reducionista (relativista) e ao mesmo tempo de negação da nossa fé que professamos.
    Shalom!

  9. Boa tarde. Amiga Suzana, eu graças a Deus sempre estou tranquilo! Tranquilo, porque eu amo os meus semelhantes independente de, ele ser homossexual ou não, ser negro ou não, ser católico ou não, ser evangélico ou não, de, ele ser espírita ou budista, ou até ateu. Minha amiga eu amo o ser humano, e não os seus rótulos! Quanto a ser eu ou não o autor do comentário, é eu seria simplismente ridículo se- prestando a esse papel bobo de “ouve e escreve.” Suzana, apesar de acabar de completar 9 anos, isso não significa que eu não possa pensar e buscar conhecimentos, e não ficar esperarando para receber tudo já mastigado, e filtrado por outras cabeças. Eu leio muito, tudo que posso, e não só aquilo que-se diz respeito a minha religião, pois se assim agisse eu me tornaria um fanático que só vê um lado das coisas. Leio também as Escrituras Sagradas, mas não as-interpréto ao pé da letra, pois a letra mata e o espirito vivifica, e muita gente por agir assim os-chamam de idólatras, coisa que eu não concordo de maneira nenhuma! Eu notei uma certa pontinha de ironia nas palavras da amiga, mas não faz mal. Um abraço, do seu irmão. demir

  10. Valdemir,
    Se você tem mesmo 9 anos, e se é você mesmo quem pensa em todas essas coisas, eu imagino que você não tem ou teve infância. Nessa idade as crianças ainda não têm a noção de tudo o que há de mal e errado no mundo.
    Com a sua idade as crianças ainda enxergam um mundo colorido, onde só existe a alegria, e não ficam se preocoupando com tantas coisas más.

    Valdemir, não é só você quem se incomoda com os políticos corruptos, com os traficantes que viciam e acabam com os jovens, com o salário de fome da maioria dos brasileiros , e outras questões que você citou.

    Todos nós também ficamos muito incomodados, nós não aceitamos essas coisas, mas foge do nosso poder mudá-las, já que a maioria são questões políticas e do Governo. Quando um candidato quer o nosso voto, ele promete mil e uma coisas, e depois que é eleito só pensa no seu bolso, em levar vantagens, se esquecendo dos eleitores.
    Quanto à religião, deve haver um respeito entre elas, mas o que está escrito na Biblia referente a homossexualidade nunca poderá ser mudado.

    Você diz que gosta de ler sobre tudo, e por isso está de parabéns, pois alcançará muito conhecimento, mas talvez quando você for adulto, você pense um pouco diferente em relação a algumas questões.

    Aproveite a sua infância e a sua pré-adolescência com coisas naturais da sua idade, pois a vida de adulto é muito complicada: é um problema atrás do outro para ser resolvido, e as más notícias do Mundo à nossa volta tiram a nossa paz dia após dia.
    Fique com Deus!

  11. Gente,sei que não tem muito a ver com o assunto, mas o Valdemir não tem nove anos. É impossível uma pessoa com essa idade entender os conceitos de que ele fala, simplesmente por não ter ainda estrutura mental e de vivência para poder expressar-se assim.

  12. Boa tarde. Graça nogueira, um abraço e obrigado pelas palavras. Graça, eu tenho uma infância normal, eu jogo bola, solto pipa, tenho uma vida normal de uma criança. No meu caso eu só não gosto de xuxa, acho uma chata de marca maior, não gosto desses desenhos ridiculos que têm hoje em dia, e também fico triste quando vejo uma pessoa, por melhor que seja, não ser reconhecida, simplismente por ser de uma religião que não a nossa mesmo sendo essa pessoa um Santo, ai pra nós já não é tão boa, só por pensar um pouco diferente da gente logo temos uma visão meio distorcida da realidade por isso. Amigos, eu amo todos vcs de coração, peço-lhes perdão por qualquer palavra mais ofensiva. Agora, quanto a me preocupar com as coisas que vejo de errado, isso está em mim, mas eu não fico o tempo todo pensando nisso! abraços de um irmão em Cristo, Demir

  13. Certo, Valdemir, eu entendo você e fico admirada da sua maturidade e do modo de você se expressar.
    Você é uma criança com uma mentalidade além da sua idade, e por isso deve ter dificuldade de dialogar com os amiguinhos de sua idade, que normalmente estão alheios às coisas do mundo.

    Continue sempre estudioso e curioso sobre o que se passa à sua volta, mas não deixe de aproveitar a sua infância. Deixe as preocupações para o futuro, quando você for adulto, certo?

    Um abraço para você também, Valdemir, e seus pais devem ficar felizes com o mocinho inteligente que eles têm.
    Fique com Deus!

  14. Eu sou homossexual. E não gostaria, de jeito nenhum, de não ser um homossexual. Eu acredito na minha homossexualidade como parte fundamental da construção da minha sexualidade, portanto do meu self, da maneira como eu me relaciono com o mundo, com minhas crenças, com Jesus Cristo, com as minhas neuroses… Eu acredito na sexualidade como algo muito além da excitação sexual. Tem a ver como eu vejo o mundo e me relaciono com ele. E eu estou satisfeito com a construção dos meus valores. Portanto, não mudaria jamais de orientação sexual. Até porque eu não vejo nada disso como pecado, mas como vontade de Deus.

  15. Só Jesus Cristo cura, liberta, transforma…
    Aleluia!
    Glória a Deus nas alturas, e paz na terra entre os homens de BOA vontade 😇🐟✝ 🙂