blogs
Blog Carmadélio

* Cientistas católicos se reúnem em Congresso nos EUA.

view

A Sociedade de Cientistas Católicos, uma organização criada nos Estados Unidos, celebrou seu primeiro Congresso em Chicago de 21 a 23 de abril, uma oportunidade para mais de 100 participantes de conhecer a outros fiéis no meio científico e compartilhar experiências e temas de interesse. Além de confirmar que não existe contradição entre a Fé e a ciência, o encontro permitiu dar visibilidade aos fiéis em um ambiente no qual podem se sentir isolados.

“Durante meus estudos, encontrei muita rejeição à minha Fé”, comentou a professora Darlene Douglas, Doutora em Genética que se dedicou à docência ao não encontrar laboratórios nos quais pudesse trabalhar sem violentar as normas morais da Igreja sobre o respeito à vida humana desde a sua concepção. Para ela, o prejuízo de que a Fé seria incompatível com as descobertas científicas significou pressões por parte de seus professores.

Este tipo de experiências poderiam reduzir-se, segundo o presidente da Sociedade, Stephen Barr, se os cientistas católicos soubessem quantos de seus colegas compartilham sua Fé. “Muitos católicos em ciências, especialmente estudantes e jovens cientistas, se sentem isolados”, expôs. “Isto é porque a maior parte dos cientistas religiosos são discretos sobre sua Fé. Este sentido de solidão pode ser desmoralizante”.

O Congresso dedicou seus temas às origens do universo e da pessoa humana, com palestrantes como o Diretor do Observatório Vaticano, Irmão Guy Consolmagno, e os Professores John D. Barrow, Kenneth R. Miller, Karin Öberg e Robert J. Scherrer.

Apesar dos temas de discussão serem profundos e atrativos para os acadêmicos, o principal objetivo era fomentar o sentido de companheirismo entre os cientistas católicos e dar “testemunho da harmonia entre a vocação do cientista e a vida de Fé”, segundo indicou a organização. (EPC)

Fonte: gaudiumpress.org

(Visited 5 times, 1 visits today)
Comentários

Deixe um comentário