Blog do Carmadélio

Escolas católicas da Inglaterra e País de Gales deixarão de usar os termos “pai” e “mãe” por ordem do governo.

O Serviço de Educação Católica (CES), vinculado à Conferência Episcopal da Inglaterra e do País de Gales, solicitou aos 2.200 centros católicos do Reino Unido que eliminem de seus formulários os termos ‘pai’ e ‘mãe’, que discriminam os progenitores separados e gays e os padrastos e madrastas.

Na recomendação, pede-se a todas as escolas católicas para que excluam dos seus formulários de matrícula as palavras ‘pai’ (father) e ‘mãe’ (mother) e que sejam substituídas por ‘tutor 1’ (parent 1) e ‘pai 2’ (parent 2).

A decisão do Escritório que faz a mediação nas disputas entre o governo e os pais de crianças chega após uma denúncia do pai de uma criança que queria inscrevê-lo em uma escola de Londres e estipula que “na ausência de qualquer esclarecimento” das palavras ‘pai’ e ‘mãe’ nos formulários escolares, os termos “podem ser entendidos como uma restrição” ao conceito de progenitor.

Um porta-voz da CES defendeu ao Catholic News Service (CNS) que a mudança nos pedidos de inscrição não representa necessariamente uma mudança na política da Igreja sobre o conceito de gênero ou paternidade, mas implica uma adaptação ao Código de Admissão às Escolas do Estado, que os colégios e institutos católicos também devem cumprir.

“Esperamos que todas as escolas católicas cumpram o Código”, disse o porta-voz, “e trabalharemos em estreita colaboração com elas para garantir que isso aconteça”.

De acordo com informações publicadas na mídia britânica, desde que ocorreu a decisão do governo, no mês passado, centenas de escolas católicas e galesas já modificaram seus formulários de inscrição para adequá-los às expectativas do Governo.

A reportagem é de Cameron Doody, publicada por Religión Digital, 16-11-2017

(Visited 760 times, 1 visits today)

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio, postaram comentários que não cumprem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seguir