Blog do Carmadélio

Após um século, maior igreja católica da América do Norte está pronta e encanta!

A construção da maior igreja católica da América do Norte foi concluída.

No dia 8 de dezembro, festa da Imaculada Conceição, foram abençoadas as 24 toneladas de cristal veneziano da cúpula da Basílica da Imaculada Conceição, que tem como título “Trinity Dome” ou Domo da Trinidade. Deve-se ter em conta que o mosaico é o elemento arquitetônico final da Igreja, Santuário para Nossa Senhora que está ao lado da Universidade Católica da América, que é visitada por quase um milhão de pessoas por ano.

A dedicação da cúpula foi realizada em uma Missa de duas horas.

O Cardeal de Washington, Donald W. Wuerl, que celebrou a Missa, qualificou a Basílica como uma “obra-prima moderna”. Ele também acrescentou que “a Fé foi a razão pela qual tantas pessoas, durante tantos anos, se sacrificaram para terminar a igreja”, em declarações coletadas por Cruxnow.

O “Trinity Dome” consiste em mais de 14 milhões de pedaços de vidro, que representam a Santíssima Trindade, Nossa Senhora, uma procissão de Santos e Anjos, os quatro evangelistas e o Credo de Niceia. Também inclui vitrais dedicados aos numerosos doadores da cúpula. Em 2015, o Papa Francisco visitou esta Basílica, localizada no distrito de Columbia e também enviou uma carta com dedicatória na qual expressava sua esperança de que todos aqueles que vejam a representação de Nossa Senhora na cúpula possam “com novo vigor e novo ardor de caridade mostrar um amor especial pela Igreja de Cristo e pelo Evangelho, inclusive em nossa própria época”. O Cardeal Wuerl recordou que, como estudante na década de 1960, chegou à Basílica e que todas as paredes, exceto uma, eram simplesmente de tijolos.

Gaudium Press

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Visited 11.249 times, 1 visits today)

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio, postaram comentários que não cumprem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seguir

  1. Dentro do Centenário de Fátima algo me chama a atenção. Reparem na imagem de Maria na Cúpula do Santuário!! Exatamente o que me foi revelado em 2003 naquela extraordinária visualização de Maria como o ‘Cristo Redentor’, disse Jesus. Rezemos para que a ‘Porta’ certa seja finalmente aberta para mim. Abraços Marjorie Dawe

  2. Esplendor do céu na terra!
    E por isso mesmo, sinceramente, do fundo do coração, não queria fazer qualquer crítica, mas dado o dever de admoestação me é imperioso observar um detalhe a fim de salvaguardar a sacralidade das imagens.

    Não sei se de propósito – pois de modernistas, esotéricos, etc., desgraçadamente a santa Igreja católica está cheia – mas a imagem referente a Cristo de manto vermelho, sem coroa de rei ou de espinhos, com o ombro direito desnudo e com olhos maquilados com sombra e semblante bastante ‘new age’ bastante efeminado é flagrantemente um acinte ao próprio Deus Jesus Cristo e aos católicos, sobretudo que conhece bem de arte medieval.