Blog do Carmadélio

Cristianismo em Nova Iorque ontem e hoje.

Hoje, expor publicamente símbolos da fé cristã é um escândalo nos EUA, principalmente na Cidade de Nova Iorque. Mas nem sempre foi assim. E uma foto da Cidade de Nova Iorque, logo antes da Páscoa de 1956, prova que os cidadãos americanos não tinham vergonha de mostrar publicamente que eram cristãos.

Nova Iorque em 1956

Dê uma olhada nessa foto da Semana Santa quando a Cidade de Nova Iorque estava recordando, em 1956, a morte de Jesus e celebração de sua ressurreição dos mortos e compare com a Cidade de Nova Iorque hoje, que se tornou o centro do esquerdismo nos EUA.

A foto mostra prédios com luzes formando a cruz.

“Enormes cruzes, formadas por janelas iluminadas, brilham sobre o horizonte de Nova Iorque como parte de uma exposição de Páscoa no distrito financeiro de Manhattan,” segundo Snopes.

Essa cena, fotografada da parte de cima do prédio municipal, tem cruzes de 50 metros de altura em importantes prédios comerciais.

Repare que essa foto foi publicada originalmente em 31 de março de 1956, exatamente dias antes da Páscoa, que foi em 1 de abril. Isso significa que bem antes da Páscoa a Cidade de Nova Iorque e seus prédios mais importantes já estavam celebrando Jesus Cristo.

Quem tirou a foto nunca imaginou que os EUA passariam de uma nação que respeitava o Cristianismo para uma nação que nega suas raízes cristãs.

Hoje, esquerdistas ficam furiosos quando os cristãos usam seus estabelecimentos comerciais para expressar sua fé em Cristo. Mas eles ficam muito alegres quando grandes estabelecimentos comerciais iluminam seus prédios com as cores da agenda homossexual.

Julio Severo


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *