Homem segundo o coração de Deus

Porque a arte tende a mostrar São José como um homem envelhecido?

“Mas quando se buscam as razões pelas quais a arte cristã ter pintado José como sendo um homem envelhecido nós descobrimos que isto ocorreu para melhor salvaguardar a virgindade de Maria. De alguma forma, a suposição dessa senilidade foi considerada uma melhor proteção para a virgindade. A arte, portanto, inconscientemente retratou José como um esposo casto e puro pela idade ao invés de fazê-lo em razão de sua virtude.

(…) Fazer José aparecer puro somente por causa de sua carne envelhecida é como glorificar o córrego de uma montanha por ter secado. A Igreja jamais ordenará um homem ao sacerdócio que não tenha poderes vitais. Ela quer um homem que tenha algo para domar, ao invés daqueles que são domados porque não possuem energia alguma para serem selvagens. Da mesma forma isso não foi diferente para com a escolha feita por Deus.

(…) José provavelmente era um homem jovem, forte, viril, atlético, bonito, casto e disciplinado; um tipo de homem que se vê as vezes pastoreando ovelhas, ou pilotando um avião, ou trabalhando num banco de carpintaria. Ao invés de ser um homem incapaz de amar, ele precisava ter chamas de amor. (…) Assim, ao invés de ser fraco para servir à mesa do rei, ele era antes uma flor cheia de promessa e poder. Ele não estava no fim de sua vida, mas no seu início, borbulhando de energia, força e paixão controlada”.

Venerável Fulton J. Sheen, no livro World’s First Love.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *