blogs
Projeções de Fé

Brooklyn

BrooklynSinopse: A jovem irlandesa Ellis Lacey (Saoirse Ronan) muda de sua terra natal e vai morar em Brooklyn para tentar realizar seus sonhos. No início da sua jornada nos Estados Unidos, ela sente falta de sua casa, mas ela vai tentando se ajustar aos poucos, até que conhece e se apaixona por Tony (Emory Cohen), um encanador ítalo-americano. Logo ela se encontra dividida entre dois países, entre o amor e o dever.

Como muitas vezes em nossa vida, os começos sempre são difíceis, isto é, nos adaptar a novas situações e, no caso de Ellis, a uma mudança radical de país, emprego, casa, amigos e o fato de estar longe da família, podem ser dolorosos, mas a razão das provações é justamente nos fazer amadurecer.

Para ela, tudo parecia chato e sem sentido, até a chegada de Tony em sua vida. Com ele, o que era cinza começa a ganhar cor e, pouco a pouco, um arco-íris vai se formando em seu dia a dia. Em outras palavras, o amor fez Ellis enxergar a beleza do novo que ela estava vivendo onde antes ela não conseguia ver. “Todas as coisas grandes, graves e pesadas, tornam-se nada, havendo amor”, diz Santo Agostinho, resumindo um pouco a mudança de vida e a postura da jovem, se compararmos ela ao chegar no Brooklyn e algum tempo depois.

Certamente, começar a namorar não é a única nem a principal saída para, diante de uma dificuldade, ver as coisas com outro olhar, pois o amor está em tudo, não apenas nos relacionamentos afetivos. Deus, muitas vezes, coloca grandes amigos em nosso caminho, pessoas em quem podemos contar, como o padre Flood no filme, e até se utiliza de algumas situações para mostrar Sua providência. Em tudo Deus se faz presente e, no caso de Ellis, colocar alguém para ela compartilhar suas dores e alegrias foi a forma dela se encontrar consigo mesma.

Tudo ia muito bem até que Ellis precisa voltar para casa durante um tempo. De repente, a vida em sua cidade natal começa a parecer muito convidativa, muitas oportunidades surgem e acabam confundindo a cabeça da jovem. Ficar ou voltar? Aqui, fazemos um paralelo: Para nós, cristãos, não há felicidade mais plena que fazer a vontade de Deus. Mas você já tentou vivê-la? Parece que quando nos decidimos por Ele, o mundo conspira para que optemos pelas nossas próprias satisfações e não queiramos sair da nossa zona de conforto. Isso, por exemplo, acontece bastante na vida missionária; aqueles que Deus chama a deixar tudo acabam sendo tentados por grandes propostas de emprego, familiares que adoecem e exigem mais cuidados, antigos amores reaparecendo… Se não há uma verdadeira decisão por Deus, é realmente difícil não se deixar envolver.

Muitas vezes, a dúvida “entre o Brooklyn e a Irlanda” da nossa vida é aderirmos ou não à voz do Senhor. Por vezes, Ele nos dá oportunidades para sermos felizes exatamente como queremos, mas, talvez, Ele queira nos fazer felizes como nunca sonhamos. E é esta certeza que deve nos mover. Partindo ou ficando, todos somos chamados por Deus a optarmos por Ele.

E você, já se perguntou onde fica o seu Brooklyn?!

BOM

Ficha técnica:

Gênero: Drama
Direção: John Crowley
Roteiro: Nick Hornby
Elenco: Barbara Drennan, Brid Brennan, Eileen O’Higgins, Emily Bett Rickards, Emma Lowe, Eva Birthistle, Eve Macklin, Fiona Glascott, Gillian McCarthy, Jane Brennan, Jim Broadbent, Julie Walters, Maeve McGrath, Mary O’Driscoll, Matt Glynn, Nora-Jane Noone, Saoirse Ronan
Produção: Finola Dwyer
Duração: 111 min.
Ano: 2015
País: Irlanda
Distribuidora: Paris Filmes
Estúdio: Irish Film Board / Item 7 / Parallel Film Productions / Wildgaze Films
Classificação: 12 anos
Informação complementar: Baseado no livro homônimo de Colm Toibin.

Trailer

(Visited 20 times, 1 visits today)
Comentários

Deixe um comentário