Projeções de Fé

Gattaca

“O problema da natalidade, como qualquer outro problema que diga respeito à vida humana, deve ser considerado numa perspectiva que transcenda as vistas parciais – sejam elas de ordem biológica, psicológica, demográfica ou sociológica – à luz da visão integral do homem e da sua vocação, não só natural e terrena, mas também sobrenatural e eterna.”
(Papa Paulo VI – Humanae Vitae)

2295. As investigações ou experiências sobre o ser humano não podem legitimar atos em si mesmos contrários à dignidade das pessoas e à lei moral. O eventual consentimento dos sujeitos não justifica tais atos.
(Catecismo da Igreja Católica)

2222. Os pais devem olhar para os seus filhos como filhos de Deus.
(Catecismo da Igreja Católica)

Gattaca poster

Sinopse: Nada de discriminação por raça, dinheiro: na sociedade do futuro mostrada nesse filme quem manda mesmo é o código genético de cada um. O protagonista é Vincent Freeman (Ethan Hawke), um cara comum e com genes imperfeitos que sonha tomar parte numa viagem tripulada à lua. Vai atrás de seus objetivos e com a ajuda de um médico, assume a identidade genética de Jerome (Jude Law), um ex-atleta genéticamente perfeito que depois de um acidente vive numa cadeira de rodas às voltas com o alcoolismo. Consegue ser escalado para a viagem à lua, mas as coisas se complicam quando o diretor da missão é assassinado e todos começam a ser investigados.

Gattaca é ambientado num futuro próximo, onde a ciência é capaz de manipular os componentes genéticos na constituição de cada ser humano. A fim de gerar indivíduos geneticamente superiores, todo o casal recorre à ciência para seleção de seus melhores gametas e assim conceber o melhor filho que são capazes de gerar.

Esse procedimento, generalizado na sociedade, traz uma visão que separa os seres humanos entre os geneticamente melhorados (titulados como “Válidos”) e os que herdam toda a humanidade dos pais – incluindo as enfermidades potenciais e toda sorte de fatores que são considerados disfunções; por isso, seus portadores são classificados como “Não-Válidos”.

Nesse ambiente, uma mãe deseja conceber sem a intervenção de laboratórios e convence o seu companheiro, Anton, a gerar com ela um filho pela via natural. O resultado é alguém que ao nascer recebe a tarja de não válido – pois possui problemas de visão, insuficiência cardíaca e uma previsão de vida de até 32 anos. Com esse diagnóstico feito e determinado logo após seu nascimento, o pai não consegue esconder a decepção, ainda na sala de parto, e nega ao primogênito o próprio nome que queria lhe dar e o chama então de Vicent Anton, guardando o nome Anton para o próximo filho, a ser gerado através da manipulação genética.

Vicent (Ethan Hawke) cresce e desde criança sonha em ser astronauta. Porém, numa sociedade onde currículo genético determina as posições que um indivíduo pode ocupar, Vicent é aceito somente para o trabalho de faxineiro. Ainda assim, uma imensa vontade e força de espírito o impulsiona a buscar a realização do seu sonho.

Apesar de não contar com as mesmas qualidades genéticas dos outros candidatos gerados especificamente para isso, Vicent se esforça, inventa caminhos e se arrisca; mas basta que um recrutador consiga um fio de cabelo, uma amostra de sangue, ou qualquer coisa que dê acesso ao seu perfil genético, que as portas se fecham.

A exigência da predisposição genética parece ser finalmente contornada quando Vicent encontra Jerome Morrow (Jude Law), um nadador olímpico de alto potencial, que tem tudo para conseguir o que quiser – mas que está paralisado da cintura para baixo. Em um acordo, Vicent passa a usar a identidade de Jerome em troca de pagar o aluguel e lhe fazer companhia. O plano parece dar certo: Vicent empresta a digital de Jerome, amostras de sangue, fios de cabelo, descamações da derme e até a urina; e assim ascende a uma posição de destaque em uma corporação.

Como Vicent assume o nome de Jerome, Jerome pede então a Vicent para que o chame por seu nome do meio, Eugene. O nome Eugene deriva da palavra grega eugénios, composta por eu (“bem, bom”) e génos (“raça, família”); e é o que Jerome Eugene Morrow representa no filme. A Eugenia, ciência de melhorar as qualidades hereditárias de uma raça ou grupo, é o tema central do roteiro.

Gattaca

Além deste simbolismo, o filme possui vários outros como as imagens arquitetadas em forma de DNA – em especial a escada que Eugene tem que escalar (esta cena possui um significado mais profundo que somente o de atender o investigador na sala do andar superior); ou ainda a medalha de prata de Eugene, com dois nadadores – Eugene, apesar de contar com os genes para ser o campeão, é o segundo atrás daquele que tem mais vontade para ganhar (que, na vida, é Vicent). O próprio nome do filme (e da companhia espacial) GATTACA se refere às letras utilizadas pelas bases nitrogenadas do DNA – Guanina Adenina Timina Timina Adenina Citosina Adenina.

A tensão levantada pela trama do filme requer nervos; o tema levanta questionamentos e provoca a reflexão do espectador.

Gattaca foi indicado para o Oscar de Melhor Direção de Arte (mas perdeu para o Titanic) e conta com excelentes atuações de Ethan Hawke e Jude Law.

CONFERIR2

Ficha técnica:

Gênero: Ficção Cientifica
Direção: Andrew Niccol
Produção: Danny DeVito, Michael Shamberg, Stacey Sher
Roteiro: Andrew Niccol
Elenco: Ethan Hawke, Uma Thurman, Jude Law, Gore Vidal, Xander Berkeley, Jayne Brook, Maya Rudolph, Una Damon, Elizabeth Dennehy, Blair Underwood, Mason Gamble
Trilha Sonora: Michael Nyman
Direção de arte: Sarah Knowles
Efeitos especiais: Gary D’Amico
Figurino: Colleen Atwood
Duração: 106 min.
Ano: 1997
País: Estados Unidos
Idioma: Inglês, Esperanto
Distribuidora: Columbia Pictures
Classificação: 14 anos

Trailer:

(Visited 548 times, 1 visits today)

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *