O texto abaixo mostra que algumas personalidades do show business tem raízes católicas, e de uma forma ou de outra isso influencia em suas vidas e carreiras. É importante destacar que a imensa maioria dos artistas se colocam como budistas, agnósticos ou ateus, e poucos afirmam serem cristãos ou seguir uma igreja específica. Este texto tem como objetivo mostrar aqueles que declaram ter alguma relação com a Igreja Católica, ainda que alguns de seus atos possam dizer o contrário. Confiram:

Mark_WahlbergPara quem cresceu durante a década de 1980 e início de 1990, é impossível olhar para o ator indicado ao Oscar Mark Wahlberg e não pensar “Marky Mark.” Tem sido uma longa e estranha viagem para Wahlberg, que estava envolvido em drogas e violência na adolescência, tornou-se uma sensação de rap e, em seguida, estranhamente, um dos atores mais populares de Hollywood.

Ele também é um católico devoto com uma família que ama, de acordo com esta entrevista em vídeo com a CBS. Nessa entrevista ele fala que sempre leva consigo um dicionário, e que ele sabe o que a palavra significa “consubstancial”.

É interessante ver um ator casualmente partilhar o seu conhecimento e experiência católica durante uma entrevista nacional. Em entrevista ao The Catholic Herald, em 2010, Wahlberg ofereceu esta visão interessante sobre sua vida:

Ser católico é o aspecto mais importante da minha vida“, me disse o ator com firmeza quando nos encontrarmos para tomar chá em um hotel de luxo perto de sua casa em Beverly Hills. “A primeira coisa que eu faço quando começo o meu dia, é ficar de mãos postas e de joelhos e dar graças a Deus. Sempre que saio da minha casa, a primeira coisa que faço é parar na igreja. As crianças ficam bravas comigo. ‘Papai! Demora muito tempo! ‘ Eu digo: “São apenas 10 minutos e isso é algo que eu realmente preciso fazer.” Porque eu faço. Se eu posso começar o meu dia por dizer minhas orações e ficar focado, então eu sei que estou fazendo a coisa certa. Que 10 minutos me ajudam em todos os sentidos durante todo o dia.”

Fonte: The Welcome Matt

Steve-CarellSteve Carell nasceu em Concord, Massachusetts e cresceu em Acton, Massachusetts. Foi criado como católico e ele é frequentemente citado ainda como devoto até hoje.

Quando se trata de falar sobre os seus pontos de vista religiosos, Carell reconhece seu catolicismo e rapidamente fala sobre o tema. Quando perguntado se ele optou por motivos religiosos por viver o famoso personagem bíblico Noé, no filme A Volta do Todo Poderoso, Carell respondeu:

Eu sou católico, nascido e criado. É interessante, porque isso realmente não entra em jogo quando se faz o filme. Eu não decidir fazê-lo porque eu sou católico, eu apenas pensei que tinha uma bela mensagem. E eu não vejo isso como um filme religioso, é um filme sobre a bondade e estar ciente da terra e do meio ambiente.

Claramente a religião desempenha um papel muito pequeno na sua vida pública e profissional. Mas Carell é uma pessoa tão humilde e respeitosa que exigiu que ele respondesse a pergunta direta sobre suas crenças, mas ele é sempre rápido a reconhecer a possível validade de outros sistemas de crenças. Ele disse uma vez:

Espero que Deus me dê orientação e que ele me orienta a fazer boas escolhas, e que ele me ajuda com a minha família. Mas isso é uma coisa tão pessoal e eu acho que todo mundo tem uma ideia diferente do que é Deus e o que ele representa.

Fonte: The Hollowverse

Jessica_AlbaA sex symbol de Hollywood, Jessica Alba, “nunca” vai ficar nua para um filme, porque suas raízes católicas a impedem. Alba acredita que é importante respeitar as rígidas crenças religiosas, mesmo que isso signifique perder em papéis em filmes de grande sucesso.

A atriz diz:

“Eu nunca vou fazer uma cena de nudez em um filme – nunca. Posso agir sexy e posso vestir roupas sexy, mas eu não posso ir à nudez. Acho que sempre foi muito desconfortável sobre a maneira como meu corpo se desenvolveu. Eu venho de uma família católica e isso não era visto como bom, expor a si mesmo. Eu posso lidar com ser sexy com roupas, mas não sem elas. “

Fonte: Cinema Blend

selena-gomezSelena Gomez nasceu e foi criada no Texas, uma verdadeira beleza do sul. Seu pai é mexicano e sua mãe é de herança italiana – ambas as nacionalidades tradicionalmente católicas, embora ela parece identificar-se mais com as suas raízes latino-americanos. Acredita que ser latino-americano nos Estados Unidos é um pouco mais rentável. Ela disse:

Sou mexicana, então é uma coisa impressionante que o meu show é o primeiro show latino [da Disney] que já teve.

Ela falou brevemente sobre sua educação religiosa, dizendo:

Minha família tem Quincenaras, e vamos para a comunhão na igreja. Nós fazemos tudo o que é católico, mas nós realmente não temos nada tradicional, exceto ir ao parque e ter churrascos aos domingos, depois da missa.

Há mais uma coisa. Gomez tem usado e falado sobre um anel de compromisso. Usar este tipo de anel significa que ela prometeu não fazer sexo até que ela seja casada.

Eu disse: ‘Pai, eu quero um anel de compromisso’. Ele foi até a igreja e pediu para que fosse abençoado. Na verdade, uso como um exemplo para outras crianças. Eu vou manter minha promessa a mim mesmo, à minha família e a Deus.

Fonte: The Hollowverse 

josh-duhamelJosh Duhamel nasceu e cresceu em Minot, Dakota do Norte. Ele é católico.

Ele certamente não é o tipo de louvar publicamente a Deus Todo-Poderoso ou de dar crédito por seu sucesso no mundo do entretenimento. No entanto, ele não é avesso a mencionar a sua fé durante as entrevistas, principalmente em relação a sua esposa, a cantora pop Fergie, que também é católica. Ele disse:

Nós dois somos católicos. Havia um monte de coisas que eram realmente compatíveis entre nós. Mas no final das contas, ela é apenas uma garota incrível.

Os dois se casaram em uma cerimônia católica, dois vão à igreja aos domingos, quando eles não estão ocupados demais trabalhando e ele falou de querer levantar uma clássica grande ninhada Católica com sua esposa, dizendo:

Nós dois somos de famílias católicas que gostamos de procriar!

Fonte: The Hollowverse

Muitos desses exemplos não são comentados ou explorados pela grande mídia, mas o PdF está de olho para trazer estas informações para vocês. Esperamos que gostem. ·

Snoopy-cartazÉ preciso começar falando que esse filme foi um grande alívio para os fãs das tirinhas do Snoopy e do Charlie Brown, não deixa nada a desejar, não decepciona os fãs antigos e, com certeza, vai conquistar muitos novos para a turma. Assisti ao lado da minha esposa que é fã de longa data e ela terminou o filme chorando de emoção. Para mim, que nunca fui fã, mas evidentemente conhecia os quadrinhos, foi também um filme muito divertido.

Sinopse: Dirigida por Steve Martino, a animação é baseada nos quadrinhos do cartunista norte-americano Charles M. Schulz. A série, conhecida no Brasil como Minduim, acompanha as aventuras de Charlie Brown, Snoopy e sua turma. Na trama, Charlie Brown se apaixona por sua nova colega de escola, e precisa, com a ajuda de seu fiel companheiro Snoopy, mudar seu jeito de ser e conquistar a garota.

O pobre do Charlie Brown sempre se metendo em furadas, acaba atraindo a nossa simpatia e, muitas vezes, nos identificamos com seus sentimentos e inseguranças. Nos vemos diante de valores que a sociedade nos apresenta, quem dança melhor, quem é o melhor aluno da turma e muitas vezes esquecemos que o verdadeiro valor está no interior.

Charlie é um menino puro, que não julga os outros, que se coloca a serviço, que sai de si e da sua zona de conforto para ajudar. Ele é um ótimo exemplo dos pedidos de Jesus no sermão da montanha: “Se alguém te ferir a face direita, oferece-lhe também a outra. Se alguém te citar em justiça para tirar-te a túnica, cede-lhe também a capa. Se alguém vem obrigar-te a andar mil passos com ele, anda dois mil. Dá a quem te pede e não te desvies daquele que te quer pedir emprestado.” (Mt 5, 39b-42).

Lembrando sempre “Guardai-vos de fazer vossas boas obras diante dos homens, para serdes vistos por eles. Do contrário, não tereis recompensa junto de vosso Pai que está no céu. Quando, pois, dás esmola, não toques a trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem louvados pelos homens. Em verdade eu vos digo: já receberam sua recompensa. Quando deres esmola, que tua mão esquerda não saiba o que fez a direita. Assim, a tua esmola se fará em segredo; e teu Pai, que vê o escondido, recompensar-te-á.” (Mt 6,1-4).

Além de toda nostalgia envolvida em relação aos personagens, que muitos puderam acompanhar, vemos que é possível aprender muito com Charlie Brown, nosso querido Minduim, até hoje: “fazer o bem sem esperar o retorno.”

É claro que não veremos a genialidade do autor Charles M. Schulz no roteiro, mas não deixa a desejar. Seu filho (Craig Schulz) e neto (Bryan Schulz) fizeram uma bela homenagem a ele e seus personagens icônicos, encantando os mais velhos e as crianças.

Importante que sempre recomendamos que qualquer filme assistido com as crianças se possa depois conversar com elas sobre as situações, realçando os bons exemplos e criticando os maus, para que, desde pequenos possam saber distinguir o certo do errado. E sobre este delicioso filme há bastante o que se conversar.

3DEXCELENTE

Ficha técnica:

Gênero: Animação
Direção: Steve Martino
Roteiro: Bryan Schulz, Cornelius Uliano, Craig Schulz
Elenco: A.J. Tecce, Alexander Garfin, Anastasia Bredikhina, Bill Melendez, Francesca Capaldi, Hadley Belle Miller, Madisyn Shipman, Mar Mar, Mariel Sheets, Noah Johnston, Noah Schnapp, Rebecca Bloom, Venus Schultheis, William Wunsch
Produção: Bryan Schulz, Cornelius Uliano, Craig Schulz, Michael J. Travers, Paul Feig
Trilha Sonora: Christophe Beck
Duração: 93 min.
Ano: 2015
País: Estados Unidos
Distribuidora: Fox Film
Estúdio: Blue Sky Studios / Peanuts Worldwide / Twentieth Century Fox Animation
Classificação: Livre

Trailer

GravidadeO filme é baseado em uma possibilidade científica a chamada sindrome de Kessler. Donald J. Kessler foi um cientista da NASA que propôs uma teoria onde falava que se uma estação espacial explodisse poderia causar uma reação em cadeia que impediria o lançamento de qualquer missão de exploração espacial durante décadas. Nerds querem saber: Tem barulho de explosão no filme? Não! No trailer eu acredito que deixaram pra ficar mais chamativo, pra mim foi muito agoniante ver tudo se destroçando atras dos personagens e eles sem se tocar por que não tem nada que avise. Sem querer soltar spoilers digo que em geral as leis da física são respeitadas, não há barulhos de explosões (não confundir com a trilha sonora), a impressão da gravidade zero é muito boa, só uma coisa chamou minha atenção em um momento do filme, uma morte “necessária” para a trama seria evitada se o roteirista tivesse se dedicado um pouco mais a entender as leis da inercia numa situação de gravidade zero.

“Ninguém nunca me ensinou a rezar”

Diante da morte, clama a alma por oração. Chamado que eu sou a anunciar o amor de Deus aos homens essa frase foi muito inquietante para mim nesse filme. Infelizmente ele não desce mais profundamente nas questões de vida e morte embora toque o assunto. A morte está do lado, é quase um personagem dentro do filme. Não como em “Premonição” mas é muito evidente a sua presença, seja ela por um acidente banal, por aceitar que chegou a hora ou por uma reação em cadeia da qual não se pode escapar.

Eu imaginava que ia ser um filme “parado”, mais psicológico meio no estilo de “127 horas”, mas não é. Na verdade é um filme onde você tem que se lembrar de respirar de vez em quando e relaxar a mão que está apertando a poltrona. Um dica sobre o 3D; não vá esperando que as coisas venham em sua direção, o diretor explorou a sensação de profundidade e foi muito bem sucedido, várias vezes objetos chamaram a atenção no filme graças a essa sensação de profundidade de distância do 3D e imagino que seriam perdidas numa reprodução tradicional.

Numa perspectiva cristã eu ofereço uma reflexão do Papa Bento XVI no dia 2 de Novembro de 2011:

…”Temos medo diante da morte, porque temos medo do nada, este partir rumo a algo que não conhecemos, que nos é desconhecido. E então em nós existe um sentido de rejeição, porque não podemos aceitar que tudo quanto de belo e grande foi realizado durante uma existência inteira seja repentinamente eliminado e precipite no abismo no nada. Sobretudo, nós sentimos que o amor evoca e exige a eternidade, e não é possível aceitar que ele seja destruído pela morte num só instante.”

Mas nós cristãos temos a certeza de que “Cristo sustém-nos através da noite da morte que Ele mesmo atravessou; é o Bom Pastor, a cuja guia podemos confiar sem qualquer temor, porque Ele conhece bem o caminho, até através da obscuridade.” (idem)

Vale a pena ir ao cinema, a classificação só não é excelente por que não aprofunda tanto o tema e não gera uma reflexão mais profunda, mas atuações, fotografia, efeitos especiais, tudo muito bem cuidado, merece as indicações para o Oscar que estão falando que vai ter.·

3D

BOM

Ficha técnica: 

Direção:  Alfonso Cuarón
Produção:  David Heyman, Alfonso Cuáron
Roteiro:  Alfonso Cuáron, Jonás Cuarón
Elenco original:  Sandra Bullock, George Clooney
Gênero:  Ficção científica, Drama

 Trailer
(é possível ativar as legendas em português)