Rapadura Espiritual

Lâmpadas e rins precisam de luz e proteção, para iluminar e proteger

Caro Filoteu,
Jesus diz no evangelho que devemos aguardar sua vinda de “Lâmpadas acesas e rins cingidos” Lc 12,35.
Que vem a significar Lâmpadas acesas? Nos tempos que não havia luz elétrica, iluminava-se a casa com lâmpadas a óleo (equivalentes à nossa lamparina). No meio daquela escuridão da noite, era aquela pobre chama que permitia ver algo dentro da casa. E vendo, ao menos de forma limitada, era possível se orientar e caminhar, fazer as coisas e não cair, nem tropeçar ou errar o caminho. Mais ainda: não era mais necessário ficar se sentindo vítima das trevas, parados, inertes.
Assim é a fé: uma luz que permite dar passos, orientar por onde devemos andar em meio à escuridão desta vida. Por vezes, o vento da tribulação tenta apagar a chama da fé, mas é preciso cuidar para deter o vento. Caso contrário, na escuridão do desânimo e do pecado, pereceremos na tristeza da escuridão. E se o vento do pecado, do desânimo ou sei lá o que extinguiu a chama da sua lâmpada, vá até Aquele que é luz do mundo que ele acenderá de novo aquela que se apagou.
Os rins devem estar cingidos. Os rins são, na bíblia, o símbolo dos sentimentos, das emoções, dos afetos e de todos os impulsos. Tanto a agressividade quanto as energias afetivo-sexuais se enquadram nestes sentimentos que são simbolizados pelos rins. Assim sendo, é preciso manter cingidos os rins, ou seja, é preciso ter controle, saber direcionar adequadamente os afetos e impulsos emocionais para que não sejam fonte de destruição, de desordem, de desequilíbrio. Não é uma questão de reprimir quando se fala de cingir, mas de proteger para que não se perca na força energética da irradiação que lhe é própria.
Ter grande fé e manter-se na vigilância própria de quem tem o controle de si e usa do seu melhor (sua inteligência, sua vontade, seus afetos) para servir o Senhor aguardando a sua chegada (Ele chega a cada momento e não só no dia da morte ou no juízo final) é algo que gera felicidade (não tranquilidade e acomodação) nesta vida e plenitude na outra.
Fica a dica, caro Filoteu!

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *