A arte de desenhar pessoas manipulando seu DNA, uma arrogância potencialmente desastrosa.

Na última semana, pesquisadores chineses editaram, pela primeira vez, genes de embriões humanos. A prática levanta questões éticas fundamentais. A principal: é seguro criar mutantes cujas sequências genéticas são selecionadas em laboratório e, assim, desafiar a natureza? Em um laboratório de cidade chinesa de Guangzhou foram criados os primeiros embriões humanos geneticamente modificados. Em tubos…

Cientistas buscam criar “espermatozóide feminino”, para eliminar a necessidade do pai na reprodução!

Cientistas britânicos afirmam ter criado espermatozóides a partir de células-tronco da medula óssea feminina – abrindo caminho para o fim da necessidade do pai na reprodução. A experiência vem sendo desenvolvida por especialistas da Universidade de New Castle que, em abril do ano passado, anunciaram ter conseguido transformar células-tronco da medula óssea de homens  adultos em espermatozóides…

Em homenagem aos médicos, frases do dr. Jerôme Lejeune sobre o valor da vida humana.

Dia 18 de outubro, dia do médico. O Blog Vida sem Dúvida deseja homenagear estes preciosos profissionais fazendo menção a um médico famoso e dedicado defensor da vida humana. Doutor Jerôme Lejeune foi médico francês, geneticista e pesquisador identificou a origem genética da chamada Síndrome  de Down. Famoso defensor da vida humana, Dr. Lejeune deixou…

Vaticano investe em parceria para pesquisas com células-tronco adultas.

A relação entre o Vati­­cano e as pesquisas com células-tronco costuma ser resumida à oposição dos católicos à pesquisa com embriões. No entanto, desde 2010 a Igreja Católica mantém uma parceria com a NeoStem, um laboratório norte-americano de terapia celular, para não apenas incentivar a pesquisa com células-tronco adultas, mas também estudar os efeitos culturais…

Principais avanços e ameaças atuais a respeito da vida humana.

Entrevista com Membro do Conselho Diretivo da Academia para a Vida O conselho diretivo da Academia Pontifícia para a Vida é renovado a cada cinco anos, e o Papa e o presidente da Academia delegam a ele determinadas questões. A agência Zenit entrevistou um dos novos membros, a espanhola Mónica López Barahona, professora de Oncologia…